Jorge cobra atenção do Santos para evitar mais uma eliminação na temporada

  • Por Jovem Pan
  • 10/04/2019 17h45 - Atualizado em 10/04/2019 17h52
Ivan Storti/Santos FC

Fora do Campeonato Paulista e da Copa Sul-Americana, o Santos entra em campo nesta quinta-feira (11) para tentar seguir vivo na Copa do Brasil. O time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli vai encarar o Atlético-GO, na reabertura da Vila Belmiro, em busca de uma vaga na quarta fase da competição nacional de mata-mata.

Para Jorge, que não atuou na queda da competição estadual, não acredita que o Peixe jogará pressionado por conta do retrospecto: “temos que esquecer o que passou. Todos ficamos tristes por cair em competições de alto nível, mas temos uma decisão importante. Temos que entrar focados”, disse o lateral em entrevista coletiva nesta quarta, no CT Rei Pelé, em Santos.

Contra o Atlético-GO, o time alvinegro terá de vencer, já que foi derrotado por 1 a 0 na partida de ida, em Goiânia. O Santos precisa ganhar por dois ou mais gols de diferença para avançar de forma direta. Em caso de vitória por um de vantagem, a vaga será decidida em cobranças de pênaltis, assim como aconteceu diante do Corinthians, no Paulistão.

Sem Jean Mota, lesionado, o lateral-esquerdo poderá atuar improvisado na meia nesta quinta, o que não seria novidade para o jogador, que já jogou assim na base do Flamengo, onde foi revelado, e no Monaco, onde atuou em sua passagem pelo futebol europeu: “Já fiz essa função. Não sei onde vou jogar, mas vou entrar com toda a garra para ajudar”, comentou.

Com informações de Agência Estado