Sampaoli completa um mês no Santos e mostra pressa para ter reforços

  • Por Jovem Pan
  • 14/01/2019 11h24
Ivan Storti/Santos FCSampaoli só ganhou um reforço para o elenco até agora

O primeiro mês de Jorge Sampaoli no Santos ficou marcado por um grande problema, a falta de reforços. Desde 13 de dezembro, quando o técnico foi anunciado, o Peixe só contratou um jogador para a temporada de 2019. E isso começa a incomodar o argentino.

Após o empate no amistoso contra o Corinthians, neste domingo (13), ele tentou disfarçar a insatisfação, mas não conseguiu: “Trabalhamos para que em curto prazo o Santos tenha a chance de competir com clubes de elencos já formados. Queremos que aquilo que pedimos se concretize. Que isso ocorra logo e que tenhamos o que o Santos merece”.

O único reforço contratado pelo Santos foi o atacante Soteldo, que recebeu elogios de Sampaoli: “É muito vertical, rápido, surpreende por trás e pode jogar nas três posições do ataque – na direita, centro e esquerda. Precisa liberdade para produzir com o nível dele”.

Mas Sampaoli não se contenta com isso e admitiu que quer a contratação de um goleiro. Ele entende que não haverá tempo para preparar Vanderlei para o jogo com os pés, que considera tão fundamental: “Não há muito tempo pelo número de jogos. Precisamos de realidade concretas urgentemente”.

Tanto atraso nas contratações pode custar caro para o Santos, que já vai estrear no Campeonato Paulista neste sábado (19). O Peixe vai enfrentar a Ferroviária, em casa, às 17h (de Brasília).