Santos tem público top-3 do ano em ação virtual e arrecada R$ 55 mil

  • Por Jovem Pan
  • 09/06/2020 09h44 - Atualizado em 09/06/2020 09h45
Reprodução/TwitterO Santos arrecadou R$ 55 mil com ação virtual

O Santos recebeu R$ 55 mil após a exibição da final da Copa Libertadores 2011 pela “Rede Globo”, no último domingo (7). O clube revelou que esse foi o valor arrecadado com a venda de 8 mil ingressos virtuais para a torcida, que pôde acompanhar o triunfo por 2 a 1 sobre o Peñarol.

O valor obtido com a ação de marketing será destinado para investimentos nas divisões de base do clube. E o resultado da ação foi aprovado por Marcelo Frazão, executivo de marketing e comunicação do Santos, que avalia a possibilidade de realizar novas iniciativas do tipo, especialmente no momento em que o clube está com várias fontes de receita inativas.

“Buscar mobilizar a torcida para uma receita que é o que mais toca o nosso torcedor, que são as divisões de base. Em um momento de crise, a gente cria uma nova receita para ajudar. O apelo foi bem comunicado. Conseguimos estimular um bom número de torcedores para essa causa, o que nos estimula a pensar em novas ações do gênero. Existe potencial”, avaliou o dirigente em entrevista ao Estadão.

Em 2020, até a paralisação das competições em função da crise do coronavírus, o Santos havia entrado em campo cinco vezes como mandante e com a presença de público no estádio. E o público “virtual” só foi superado por duas dessas partidas, ambas de conotação especial: o primeiro compromisso da equipe como mandante na temporada, contra o Red Bull Bragantino (12.412), na Vila Belmiro, e o clássico contra o Palmeiras (16.612), disputado no Pacaembu.

Já a arrecadação foi mais modesta, até pelo valor modesto cobrado pelos “ingressos” – R$ 8 e R$ 4. Considerando a renda líquida desses jogos, o valor obtido com a ação promocional só ficaria à frente do prejuízo de R$ 26.982,49 em partida diante do Botafogo, de Ribeirão Preto, disputada em uma segunda-feira de caos em São Paulo e na Baixada por causa da chuva.

*Com Estadão Conteúdo