Santos aproveita falhas do Red Bull e abre boa vantagem no Pacaembu

  • Por Jovem Pan
  • 23/03/2019 21h26
ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDOSanchez fez gol em cobrança de falta

Melhor time da 1ª fase do Campeonato Paulista, o Red Bull Brasil ficou nervoso e errou demais na hora errada. Em jogo de ida das quartas de final, o Santos aproveitou esses vacilos e fez 2 a 0 no Estádio do Pacaembu. Os gols foram marcados por Sanchez e Pituca após vacilos de Julio Cesar e Rafael Carioca. Além disso, o time de Campinas perdeu boas chances de gol, principalmente com Ytalo. Agora o Peixe tem ótima vantagem para o jogo de volta, que será fora de casa. A equipe de Jorge Sampaoli poderá se classificar até com derrota por um gol de diferença.

Santos e Red Bull Brasil tiveram os melhores ataques da 1ª fase do Campeonato Paulista, então era fácil prever que o jogo entre eles seria aberto. Foi o que aconteceu no 1º tempo, com os 2 times se lançando ao ataque sem medo. E isso foi mais perigoso para a equipe de Campinas, pois o Peixe mostrou competência para criar jogadas de perigo com mais facilidade.

Com apenas 6min de jogo, Pituca já abriu o placar. Mas o juiz invalidou o lance ajudado pelo árbitro de vídeo, pois o volante estava impedido. Porém, apenas 4 minutos depois, o Santos fez um gol válido. Carlos Sanchez cruzou para área e a bola passou pelo goleiro Julio César, ex-Corinthians, mesmo sem nenhum desvio.

Os 2 times continuaram a atacar depois disso. E o Red Bull teve a melhor oportunidade aos 15min, em contra-ataque. Ytalo dominou a bola sozinho na área, mas conseguiu chutar para fora de forma inacreditável.

O Red Bull, que começou muito nervoso no jogo, passou a crescer na partida e quase marcou aos 28min e aos 35min, em mais chutes de Ytalo. No primeiro Vanderlei defendeu bem. Mas no outro o goleiro do Santos espalmou a bola para trás, fazendo ela bater na trave.

Em um jogo cheio de oportunidades perdidas, o Santos também teve a sua. Aos 38min, após um cruzamento passar pela área, na frente do gol, Pituca chutou errado para fora.

Como era de se esperar, os 2 times diminuíram o ritmo no 2º tempo. O Red Bull conseguiu mostrar mais calma para controlar a posse de bola no início e até levou perigo em chutes de Rafael Carioca e Osman. O Santos apostou na velocidade dos atacantes para buscar contra-ataques, mas não conseguiu ser eficiente.

O segundo gol só saiu após um erro do Red Bull, pois Rafael Carioca vacilou na saída de jogo pela esquerda. O Peixe virou o jogo para direita, onde Copete arrumou para Pituca finalizar com sucesso e ampliar a vantagem santista.