Santos e Flu empatam em noite marcada por xingamentos entre Ganso e Oswaldo e expulsões

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2019 21h59
ANDRé MELO ANDRADE/MYPHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOOswaldo de Oliveira

Santos e Fluminense empataram em 1 a 1, na noite desta quinta-feira (26), no Maracanã, em partida que ficou marcada por troca de xingamentos entre Ganso e Oswaldo de Oliveira.

Santos e Fluminense fizeram um primeiro tempo muito aberto no Maracanã.  Apesar da maior posse de bola – 55% x 45% -, o Flu praticamente não levou perigo ao gol do Santos. A dificuldade nas construções de jogadas desde a chegada de Oswaldo de Oliveira continuam a assombrar. Foram seis finalizações, mas nenhuma no alvo.

O gol do Peixe saiu de grande jogada individual de Soteldo, aos 39 minutos. O baixinho recebeu na ponta esquerda, balançou para cima de dois marcadores do Flu e passou no meio de ambos. Invadiu a área e chapou no canto de Muriel.

O Fluminense achou o gol de empate em um vacilo de Lucas Veríssimo. Nenê cruzou na área e o zagueirão do Peixe tentou cortar, mas cabeceou para a própria meta no último lance do primeiro tempo.

No segundo tempo, o momento mais marcante foi a troca de ofensas entre Paulo Henrique Ganso e Oswaldo de Oliveira. No momento em que o treinador resolveu substituí-lo, aos 16 do segundo tempo, Ganso não pareceu nada feliz e não foi cumprimentar Oswaldo. Quando se encaminhava para o banco de reservas, o meia falou ao técnico: “Você é burro pra caralho” e “Vai tomar no…”. Oswaldo não deixou barato e chamou Ganso de vagabundo.

No fim da partida, Allan puxou um contra-ataque sensacional e quase desempatou o marcador. O meia entrou na área sozinho, passou por Everson, mas adiantou muito a bola e perdeu ângulo na hora da finalização. O Peixe respondeu em seguida e quase fez com Sasha. O atacante soltou uma bomba e a bola passou raspando a trave.

O Flu ainda chegou a ficar com um jogador a menos, aos 26 minutos, quando Digão foi expulso por falta em Marinho. Para piorar, ainda teve uma segunda expulsão. Frazan cometeu falta dura também em Marinho e levou o vermelho, aos 47. O Peixe também teve o seu expulso. Marinho cometeu falta em João Pedro aos 54 e levou o dele.

Ficha técnica Fluminense x Santos

Fluminense

Muriel; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri Lima, Allan e Ganso (Daniel); Nenê (Frazan), João Pedro e Yony González (Wellington Nem)

Técnico: Oswaldo de Oliveira

Cartão amarelo: Yuri Lima e Allan

Cartão vermelho: Digão e Frazan

Santos

Everson; Lucas Veríssimo, Aguilar (Victor Ferraz) e Gustavo Henrique; Alison, Diego Pituca, Felipe Jonatan e Derliz González (Carlos Sánchez); Eduardo Sasha, Udibe (Marinho) e Soteldo

Técnico: Jorge Sampaoli

Cartão amarelo: Alison, Diego Pituca e Muriel

Cartão vermelho: Marinho