Santos garante ter pago mais de 30 milhões em dívidas de gestões passadas

  • Por Jovem Pan
  • 24/09/2018 15h30
Ivan Storti/Santos FCJosé Carlos Peres ainda tem R$ 36 milhões em dívidas para serem quitadas em sua gestão

Por meio de nota divulgada nesta segunda-feira (24), a atual gestão do Santos liderada pelo presidente José Carlos Peres diz ter pago aproximadamente R$ 34 milhões de dívidas antigas. Junto da nota, o clube divulgou um documento detalhando os pagamentos e mostrando que ainda restam mais R$ 36 milhões em dívidas herdadas a serem pagas.

Dentre as pendências financeiras do Peixe, estão acordo com o atacante Robinho, Lucas Lima, a contratação do zagueiro Cléber Reis, além de acertos com o técnico Dorival Júnior e Levir Culpi. Outras dívidas do clube apresentadas no documento constam uma com o empresário Giuliano Pacheco Bertolucci, de R$ 8 milhões.

Confira a nota divulgada pelo clube:

Dando continuidade à transparência que rege a nossa gestão, o Santos FC divulga valores que o Clube teve que desembolsar durante os primeiros meses de 2018, que deveriam ter sido pagos por gestões anteriores.

Fomos muito criticados no início de nossa gestão, pela demora em contratações de atletas para fortalecer nosso elenco, porém encontramos o Clube com as contas zeradas, 13º salário de funcionários atrasados, impostos retidos e não pagos (apropriação indébita), imagem e premiação do elenco com mais de 6 meses de atraso.

Estamos colocando as contas em dia e não atrasando as contas geradas em nossa gestão. Dos mais de 70 milhões de reais que encontramos em atraso ao assumirmos o Clube, já liquidamos praticamente metade e seguimos trabalhando para um Santos FC sem dívidas.

Importante lembrar, que nesta gestão, o aumento de passivo que tivemos, não significa exatamente, um aumento de endividamento, e sim o registro contábil de receitas futuras.

Os custos e despesas gerados nesta gestão estão sendo pagos em dia. Anexo a relação dos valores pagos nesta gestão que pertencem a gestões passadas: Pagamentos de Gestões Anteriores.