Santos goleia América-RN no Pacaembu e avança na Copa do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 07/03/2019 23h30 - Atualizado em 07/03/2019 23h49
ALE FRATA/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDODe peito, Jean Mota marca o segundo gol do Santos no estádio do Pacaembu

O Santos não teve dificuldades para assegurar a vaga na terceira fase da Copa do Brasil na noite desta quinta-feira (7). Diferente do que aconteceu na Copa Sul-Americana, quando foi surpreendido pelo River Plate, do Uruguai, o time de Jorge Sampaoli entrou ligado para encarar o América-RN no estádio do Pacaembu e fez aquilo que a torcida esperava: goleada por 4 a 0.

Os gols alvinegros foram marcados por Derlis González, na primeira etapa, e no segundo tempo por Jean Mota, que fez seu oitavo na temporada 2019, Rodrygo, que além de balançar a rede, brilhou com muitos dribles, e Felipe Aguilar, que marcou o primeiro pelo time.

Na próxima fase da competição nacional de mata-mata, o Peixe enfrentará o Atlético Goianiense, que eliminou o Atlético, do Ceará, também pelo placar de 4 a 0. Data, horário e mandos de campo – a partir da terceira fase, a Copa do Brasil passará a ser disputada em sistema de ida e volta – serão definidos pela CBF nesta sexta-feira (8).

O jogo

O Santos iniciou bem a partida no Pacaembu. Quase marcou logo em uma boa trama entre Carlos Sánchez e Derlis, foi perigoso em investidas pela esquerda de Jean Mota, que se revezava na lateral com Diego Pituca e também contou com a ofensividade de Rodrygo, algumas vezes derrubado com faltas duras, para tentar envolver o América-RN.

Parecia um jogo sob controle do Santos, mas aos poucos o América-RN conseguiu frear a velocidade do rival, ficando um pouco mais com a posse de bola e quase marcando, não fosse uma intervenção precisa de Felipe Aguilar.

Só que aí Rodrygo e o bom jogo coletivo do Santos fizeram a diferença. Aos 34 minutos, o atacante driblou dois marcadores, passou para Jean Mota, que tocou para Soteldo acionar Pituca. Dele, saiu o cruzamento para Sánchez que cabeceou em cima de Kaike. A bola sobrou para Derlis, que bateu forte para marcar.

Mesmo com o jogo sob controle, o Santos voltou melhor para o segundo tempo. E foi enfileirando chances desperdiçadas, as principais com Derlis e Sánchez, até ampliar com a ajuda da defesa americana. Aos 15, o uruguaio cabeceou para grande defesa de Ewerton. Só que no rebote, Kaike chutou em cima de Derlis, com a bola sobrando para Jean Mota, sozinho, marcar de peito.

Sem oferecer muita resistência na defesa, o América-RN até assustou em dois ataques, ambos contando com boas defesas de Everson. Mas nada que abalasse o domínio incontestável do Santos, liderado por uma grande atuação de Rodrygo, com lindos dribles. E o seu gol saiu aos 24 minutos, quando recebeu passe de Derlis na grande área e bateu com categoria para fazer 3 a 0.

Com a classificação assegurada, Jorge Sampaoli aproveitou os últimos minutos no Pacaembu para promover a estreia entre os profissionais do zagueiro Wagner Leonardo e ainda viu o América-RN ter Alison expulso. E também marcou pela quarta vez, com carrinho de Felipe Aguilar após Victor Ferraz desviar cobrança de escanteio de Jean Mota, aos 38 minutos.

Confira a narração dos gols da partida:

Com informações de Agência Estado