Santos inicia caminhada na Libertadores contra estreante comandado por Crespo

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2020 14h17
GUILHERME DIONíZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDOCarlos Sánchez e Eduardo Sasha celebram gol do Santos

O Santos, atual vice-campeão brasileiro, estreará nesta terça-feira na Copa Libertadores, em visita ao Defensa y Justicia, time argentino que é comandado pelo ex-atacante Hernán Crespo e que fará a primeira participação no torneio.

O Peixe chega para a competição continental com um treinador diferente ao de 2019, já que o argentino Jorge Sampaoli deixou o clube e foi substituído pelo português Jesualdo Ferreira, que vem convivendo com muitas críticas devido ao desempenho da equipe.

O time atravessa jejum de três partidas no Campeonato Paulista, após empates com Ferroviária e Palmeiras – em jogo disputado neste sábado -, além de derrota para o Ituano. Apesar disso, o Santos lidera o grupo A do estadual, com 12 pontos, em 24 disputados.

Para a estreia na Libertadores, Jesualdo tem um problema, além dos maus resultados recentes, a ausência do volante Alison, que se lesionou durante o clássico com o Verdão, e acabou sendo vetado pelo departamento médico. Com isso, Jobson deverá ganhar lugar no time.

O lateral-esquerdo Felipe Jonatan, que também sentiu durante o duelo do último fim de semana contra o Palmeiras pelo estadual, foi examinado e teve presença em campo garantida.

Dessa forma, a escalação contra o Defensa y Justicia, com a exceção de Alison, provavelmente, será mesma do jogo de sábado, com Éverson no gol; Pará, Lucas Veríssimo, Luán Peres e Felipe Jonatan na linha defensiva; Jobson, Diego Pituca e Sánchez no meio; além de Soteldo, Eduardo Sasha e Yuri Alberto no ataque.

O Defensa y Justicia, clube da modesta cidade de Florencio Varela, na região metropolitana de Buenos Aires, após três participações consecutivas na Copa Sul-Americana, fará a estreia na Libertadores, após o vice argentino na temporada 2018-2019.

Apesar de ter figurinhas conhecidas, como o volante Marcelo Benítez, ex-Vitória, e o veterano meia-atacante Rubén Botta, ex-Inter de Milão, o nome mais conhecido do Falcão, como o clube é conhecido é o antigo atacante da seleção argentina Hernán Crespo.

Célebre por vestir a camisa 9 ‘albiceleste’ e de diversos clubes ao redor do planeta, ‘Valdanito’, como é conhecido no país natal, assumiu o Defensa y Justicia no dia 25 de janeiro, em substituição a Sebastián Becaccece. Antes, ele já havia comandado Parma, Modena e Banfield.

Para o jogo desta terça-feira, em casa, Crespo terá a disposição força máxima, depois de ter encarado no sábado o River Plate com titulares, pelo Campeonato Argentino, competição em que o clube de Florencio Varela ocupa a oitava colocação.

Prováveis escalações:

Defensa y Justicia: Unsain; Breitenbruch, Frias e Rodríguez; Mainero, Cardozo, Acevedo e Benítez; Pizzini, Lucero e Botta. Técnico: Hernán Crespo.

Santos: Éverson; Pará, Lucas Veríssimo, Luán Peres e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Sánchez; Soteldo, Eduardo Sasha e Yuri Alberto. Técnico: Jesualdo Ferreira.

Árbitro: Gustavo Tejera (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Nicolás Tarán e Carlos Barreiro.

Estádio: Norberto Tomaghello, em Buenos Aires (Argentina).

*Com informações da EFE