Santos perde disputa por posse de bola, mas Sampaoli ganha duelo contra Fernando Diniz

  • Por Jovem Pan
  • 03/05/2019 09h00 - Atualizado em 03/05/2019 09h02
Ivan Storti/Santos FCSampaoli lembrou que já tinha conversado com Diniz

Antes do jogo entre Santos e Fluminense, havia grande expectativa para ver qual time teria mais posse de bola, afinal ambos valorizam demais a troca de passes. O time carioca terminou a partida com mais posse, mas a vitória foi do Peixe, por 2 a 1.

De acordo com números da Footstats, a disputa por posse de bola foi bastante equilibrada, mas o Fluminense venceu por 51,3% a 48,7%. O time carioca também trocou mais passes certos: 435 a 316. Mas o Peixe foi mais efetivo na hora de criar e aproveitar chances de gol.

Técnicos com táticas mais diferentes do Brasileirão, Jorge Sampaoli e Fernando Diniz trocaram elogios após o jogo. O santista lembrou do primeiro contato que teve com o adversário.

“Temos visões do futebol parecidas. Nos atrai o jogo com a bola, depois há características diferentes entre ele e eu. Falei com ele no congresso da CBF, me pareceu uma pessoa que ama o jogo. Compartilhei futebol com ele e foi muito interessante. Me agrada muito por como sente e pratica o esporte. Equipe saiu jogando sempre, tiveram mais posse, principalmente no primeiro tempo. Não tem posição fixa. Treinador que gosto de ver, sempre pensa em jogar”, exaltou Sampaoli.

Fernando Diniz destacou que o duelo com Sampaoli fez o jogo ser bom: “é uma grande alegria ter um treinador do nível dele no Brasil e jogar contra ele. Estamos lutando por um futebol melhor e bem jogado. O jogo foi bom, com alternativas do início ao final. Para quem veio assistir, foi uma partida agradável”.