Santos sofre com condições do gramado e perde para o Novorizontino fora de casa

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 07/03/2018 21h51
CÉLIO MESSIAS/ESTADÃO CONTEÚDOJuninho comemora o gol marcado no duelo entre Novorizontino e Santos

O Santos sofreu no gramado encharcado e cheio de poças d’água de Novo Horizonte, não conseguiu repetir as boas atuações das últimas rodadas e perdeu para o Novorizontino por 2 a 1 nesta quarta-feira (7), em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. O resultado garantiu o time da casa nas quartas de final da competição.

O Novorizontino confirmou o segundo lugar do Grupo C, com 17 pontos e enfrentará o Palmeiras, líder da chave, na próxima fase O Santos segue na ponta do Grupo D, com 18 pontos. O time alvinegro volta a campo agora no domingo, quando receberá o São Bernardo, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada Estadual.

A partida marcou a estreia do lateral-esquerdo Dodô no time alvinegro, contratado junto à Sampdoria. Mas o jogador teve atuação discreta, assim como quase todo o time. Do Santos, o único destaque positivo foi o jovem Yuri Alberto, de 16 anos, que substituiu Gabriel, poupado por conta de dores musculares. Foi dele o único gol da equipe, que não conseguiu igualar o marcador mesmo com um a mais desde os 20 minutos do segundo tempo.

Se serve de desculpa, o campo estava impraticável devido ao temporal de cerca de 15 minutos e que caiu quando as equipes estavam perfiladas para a execução do hino nacional. Por conta dos raios, o árbitro adiou em dez minutos o início da partida. A bola só rolou depois de uma conversa com jogadores das duas equipes, que aceitaram jogar. Mas foi duro de assistir.

Era impossível trocar passes e os dois times iam de um lado a outro na base do chutão. O Novorizontino, por jogar em casa e conhecer melhor os problemas do campo, levou a melhor. Em uma das raras oportunidades de gols, Juninho aproveitou cruzamento aos 19 minutos do primeiro tempo e abriu o marcador.

De fato, mesmo sem chuva, o gramado seguiu péssimo no segundo tempo. O Santos chegou ao empate em uma jogada de bola parada. O estreante Dodô bateu falta da esquerda na área, o goleiro Oliveira espalmou e jovem Yuri Alberto, de 16 anos, o substituto de Gabriel, mandou para as redes.

O Novorizontino não se abateu e voltou a ficar à frente do marcador cinco minutos depois. Alisson Safira avançou pela direita, cruzou e o zagueiro do Santos Lucas Veríssimo mandou contra.

O time da casa ainda ficou com um a menos em campo a partir dos 21 minutos por culpa do volante Jean Patrick. Ele tomou cartão amarelo na comemoração do gol da sua equipe e depois foi expulso por discutir com o Anderson Salles. Mesmo assim, o Santos não conseguiu igualar o marcador e viu acabar a sequência de cinco jogos sem derrotas.

Confira a narração dos gols: