Sem fazer gol há 3 jogos e com polêmica, Santos deve ter mudanças no ataque

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2019 14h55
Ivan Storti/Santos FCRodrygo ficou no Santos

No começo do ano, o Santos mostrou grande poder ofensivo. Era difícil imaginar que o ataque seria um problema para o Peixe em 2019. Mas isso já é realidade: a falta de gols causou resultados ruins, debate público e agora vai resultar em mudanças no próximo jogo. O time de Jorge Sampaoli enfrentará o Ceará, no domingo (2 de junho), às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro.

Os resultados ruins foram 3 jogos sem fazer gols. O Santos não balançou a rede contra Atlético-MG, Palmeiras e Internacional. As partidas acabaram com 2 empates e uma derrota dura no clássico. Foi por isso que surgiu um debate público e polêmico.

Sampaoli reclamou porque até agora não recebeu a contratação de um centroavante experiente, como pede desde o começo do ano. O presidente do clube, José Carlos Peres, respondeu em entrevista coletiva. Ele disse que já atendeu a muitos pedidos do argentino e admitiu que tem esbarrado em problemas financeiros.

Sem o centroavante que procura, Sampaoli terá que buscar soluções no elenco. E ele tem boas notícias: Rodrygo não vai defender a Seleção Brasileira sub-23, e Derlis González está de volta, após suspensão. Além disso, o recém-contratado Marinho foi inscrito e provavelmente poderá jogar. O único problema é que dessa vez Soteldo está suspenso. Nem tudo é perfeito para o técnico do Santos.