Vitor Bueno “corneta” Jair e vê time sem “a cara do Santos”; técnico rebate

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2018 09h52
Montagem sobre fotos/Estadão ConteúdoVitor Bueno criticou a tática supostamente pedida por Jair Ventura para o jogo contra o Botafogo-SP, e o técnico rebateu

A atuação do Santos no empate por 0 a 0 com o Botafogo-SP, no último domingo, em Ribeirão Preto, desagradou ao atacante Vitor Bueno. Após o jogo, o atleta esbanjou sinceridade e até “cornetou” o técnico Jair Ventura. Segundo o jogador, o time que se apresentou na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista não teve “a cara do Santos”.

“O jogo ficou moroso, apático. Não é a cara do Santos. Mas é a tática que pediram para fazer. Executamos bem. Queríamos a vitória para levar para a Vila, mas pelo menos não perdemos, não tomamos gol”, afirmou Vitor Bueno.

Questionado sobre a declaração do atacante, Jair Ventura rebateu. O treinador negou ter instruído os seus jogadores a “segurarem” o jogo e justificou a lentidão do time pelo cansaço provocado pela partida da última quinta-feira, contra o Nacional-URU, pela Libertadores – na ocasião, o Santos jogou toda a segunda etapa com um jogador a menos e se desgastou demais.

“Não teve tática nenhuma de ser moroso”, garantiu Jair. “A equipe do Santos sempre propõe o jogo. Tivemos mais posse de bola e as chances mais claras. Realmente, não conseguimos impor nosso melhor jogo. De repente, o Vitor não quis se expressar assim, mas o cansaço dele não foi o mesmo dos demais, que jogaram com um jogador a menos (contra o Nacional-URU, no meio de semana)”.

O Santos volta a campo para enfrentar o Botafogo-SP na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. Quem vencer avança à semifinal do Campeonato Paulista. Um novo empate, por sua vez, leva a decisão aos pênaltis.