São Paulo faz reunião com Dorival Junior em Santa Catarina e avança na negociação

  • Por Estadão Conteúdo
  • 04/07/2017 14h50 - Atualizado em 04/07/2017 15h15
Dorival Júnior é o técnico mais cotado para assumir o São Paulo

A reunião entre Vinicius Pinotti, diretor de futebol do São Paulo, e o técnico Dorival Junior trouxe avanços para que o ex-santista seja o substituto de Rogério Ceni. Embora o negócio ainda não esteja concretizado, Pinotti gostou do que ouviu no encontro pessoal desta terça-feira (4), em Florianópolis, e agora vai consultar o presidente Leco.

Um tema que será debatido entre Pinotti e Leco é a formação da comissão técnica. Dorival Junior costuma levar consigo dois profissionais: seu filho e auxiliar Lucas Silvestre e o preparador físico Celso Rezende. Pintado, auxiliar técnico do São Paulo, independentemente da comissão técnica, deverá comandar a equipe no clássico contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro. Outro fator que impede a finalização rápida do acordo são problemas familiares que Dorival pretende resolver nesta semana em Florianópolis.

O nome de Dorival foi citado na reunião do Conselho de Administração do São Paulo na noite desta segunda-feira (3) e foi praticamente um consenso entre os dirigentes. Depois de ter sido demitido do Santos no último dia 4 de junho, após derrota para o Corinthians, no Itaquerão, o treinador viajou para Florianópolis, onde tem residência.

A experiência do treinador e a facilidade para trabalhar com jovens atletas são as principais qualidades apontadas no ex-técnico do Santos. Leco admira o trabalho de Dorival e esteve perto de contratá-lo em 2010, quando era vice-presidente de futebol do São Paulo. O presidente Juvenal Juvêncio, falecido em 2015, preferiu apostar em Sergio Baresi, treinador da base.