Aguirre já pediu demissão após jogo entre São Paulo e Atlético-MG

  • Por Jovem Pan
  • 04/05/2018 13h21
Bruno Cantini/Atlético MGAguirre anunciou pedido de demissão um dia após eliminação

Atualmente Diego Aguirre está no comando do São Paulo, mas em 2016 ele treinava o Atlético-MG. Os dois times se enfrentaram pela Copa Libertadores e, curiosamente, o resultado causou a saída do uruguaio. Ele pediu demissão logo após o triunfo tricolor. Agora ele reencontrará o Galo, mas no lado oposto, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. A partida será às 19h (de Brasília), no Estádio do Morumbi.

Aguirre assumiu o comando do Atlético-MG no início daquele ano, mas teve pouco sucesso. Foi vice-campeão mineiro e logo começaram a surgir os boatos de que ele sairia. Futuramente foi revelado que ele fez acordo para treinar a equipe apenas até acabar a campanha na Libertadores.

Acabou com uma vitória do Atlético-MG no jogo de volta, por 2 a 1, em Belo Horizonte. Mas a partida de ida tinha sido 1 a 0 para o São Paulo no Morumbi. Então o gol qualificado fora de casa deu a classificação para o tricolor. No dia seguinte, Aguirre anunciou que estava de saída, ao lado do presidente Daniel Nepomuceno. Aguirre se despediu após 31 partidas e um aproveitamento apenas razoável: 16 vitórias, 8 derrotas e 7 empates.

Agora o uruguaio está no início do trabalho do São Paulo. Não pegou o time desde o começo do ano, enfrentou jogos decisivos logo de cara e só recentemente começou a achar soluções no elenco. A equipe está sem perder há 5 jogos, mas acumulou muitas decepções, como as eliminações no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, além do empate com o Fluminense no último domingo (29).