André Jardine não será mais técnico do São Paulo, mas deve ficar no clube

  • Por Giovanni Chacon/ Jovem Pan
  • 14/02/2019 15h48
Rubens Chiri / SPFCJardine durou pouco no comando do São Paulo

André Jardine não será mais o técnico do time principal do São Paulo. Depois do vexame na Copa Libertadores, a diretoria já avisou a ele que fará uma mudança. A tendência é que o treinador fique no clube, mas com outra função.

Jardine teve uma passagem relâmpago como técnico do time principal do São Paulo. Ele treinou a equipe em 5 partidas de 2018 e em 8 jogos oficiais de 2019. Ao todo somou 4 vitórias, 3 empates e 6 derrotas – aproveitamento de 38,4% dos pontos. Se forem acrescentados os resultados de 2 jogos amistosos nos Estados Unidos, o aproveitamento cai para 33,3%. É o pior desde 2015, quando Doriva saiu com essa mesma média.

A diretoria do São Paulo já procura um novo técnico, mas pode ter dificuldades. Os nomes preferidos são Cuca e Osorio, mas ambos têm problemas pessoais para resolver.

O mais provável é que Cuca seja contratado, mas só assuma daqui a 2 meses. Ele precisará desse tempo para se recuperar de uma cirurgia no coração. Durante este período, Vagner Mancini, que já foi técnico e hoje está na diretoria são paulina, pode assumir o comando interinamente.