Com assistência em primeira partida, Rojas ganha moral de Aguirre e da torcida

  • Por Jovem Pan
  • 19/07/2018 09h59
Rubens Chiri / saopaulofc.netCom objetividade e velocidade, o equatoriano deu dor de cabeça aos cariocas

Com menos de um mês de São Paulo, Joao Rojas parece ter conquistado a vaga de titular e o carinho da torcida tricolor. Na vitória dos paulistas sobre o Flamengo, nessa quarta-feira (18), por 1 a 0, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o meia-atacante deu motivos de sobra para isso.

Com objetividade e velocidade, o equatoriano deu dor de cabeça aos cariocas. Apesar de um primeiro tempo fraco do São Paulo na parte ofensiva, o camisa 23 levou muito perigo ao Flamengo. Em um dos lances, aplicou um lindo drible em Réver, levou para dentro da área e finalizou com força para grande defesa de Diego Alves.

Logo na volta para a segunda etapa, Rojas colocou na cabeça de Everton, que abriu o placar para o tricolor contra seu ex-clube. A vitória deixou o São Paulo na vice-liderança com 26 pontos, um a menos que o próprio Flamengo. A derrota do Atlético-MG para o Grêmio ajudou para que os paulistas ficassem em segundo lugar.

“Um jogador muito rápido, com qualidade muito apurada e que participou de grandes jogadas junto com o Everton, tanto é que no gol ele cruza. Temos de aproveitar, porque no um contra um ele é muito forte”, elogiou Diego Souza após o término da partida.

O técnico são-paulino, Diego Aguirre, que pediu a contração do equatoriano durante a pausa da Copa do Mundo também não poupou elogios ao recém chegado. “Rojas fez uma boa estreia, o que não é fácil, por estar vestindo a camisa do São Paulo, no Maracanã, e jogar bem como ele jogou. Então ilude, e seguramente ele ainda pode dar muitas coisas para o time”, alertou o uruguaio.

O camisa 23 chegou ao tricolor após as saídas de outros dois jogadores que atuavam pela ponta: Marcos Guilherme e Valdívia. Se continuar a atuar da forma como jogou na última vitória, será um ótimo complemento para o trio de ataque composto por Everton, Nenê e Diego Souza.

Apesar de ter saído de campo ao dez minutos da etapa complementar após sentir dores, Rojas não preocupa e deve estar à disposição da comissão técnica para o clássico contra o Corinthians no próximo sábado (21), às 21h, no Morumbi.