Dani Alves quer ser ‘referência’ no Brasil: ‘Precisamos de exemplos em vários setores’

  • Por Jovem Pan
  • 01/10/2019 10h44
Daniel Vorley/Agif/Estadão ConteúdoDaniel Alves assinou com o São Paulo até 2022

Daniel Alves, do São Paulo, concedeu entrevista à revista “GQ Brasil” e falou das suas metas no seu retorno ao Brasil. Destaque da edição desta terça-feira (1), o lateral-direito afirmou que a população brasileira precisa de referências que ele tentará ser uma delas. Além disso, ele reforçou o desejo em fazer parte do elenco da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2022.

“O Brasil precisa urgentemente de grandes exemplos em vários setores. Somos um país muito egoísta, onde se o meu estiver bom, o do outro não importa. Assim não se cria uma nação sólida e nem sensibilidade entre as pessoas. Gostaria de ser uma dessas referências, esse é meu desafio aqui”, comentou o atleta de 36 anos.

Futebolista com mais títulos da história, Daniel Alves avisou que não pretende colecionar mais troféus, mas que vive para curtir momentos prazerosos.

“Quero ir para a Copa de 2022. Depois eu penso em parar, sobretudo se o resultado for bom. Meu sonho não é conquistar cinquenta títulos, não vai caber nenhum troféu no meu caixão. Quero levar comigo sensações, momentos vividos”, declarou.

Na entrevista, o ala também demonstrou o seu lado irreverente: “Brinco que, na verdade, sou músico e meu hobby é futebol. Quem sabe eu não lanço um álbum?”, disse.

Daniel Alves deverá estar em campo pelo São Paulo na partida diante do Fortaleza, marcada para o próximo sábado (5), no Pacaembu, pelo Brasileirão.