Esperança do São Paulo na Libertadores, Hernanes foi eliminado 3 vezes por brasileiros

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2019 09h44
Rubens Chiri/SPFCHernanes sempre chegou pelo menos nas quartas de final da Libertadores

A principal esperança do São Paulo em 2019 tem nome: Hernanes chegou com moral e terá que assumir o protagonismo no elenco. O time ainda está se formando, mas terá que estrear na Copa Libertadores, nesta quarta-feira (6), às 21h30 (de Brasília), contra o Talleres, na Argentina. A competição será uma chance do meia apagar traumas do passado.

Uma coincidência marca as 3 eliminações que Hernanes já viveu na Libertadores: ele perdeu para times brasileiros todas vezes que entrou em campo. A mais dramática foi justamente a primeira. Depois de se consolidar como titular do São Paulo no 2º semestre de 2007 e ser campeão brasileiro, ele disputou 10 jogos da Libertadores de 2008. Mas nas quartas de final, contra o Fluminense, o Tricolor paulista levou um gol de Washington nos acréscimos e foi eliminado.

No ano seguinte o São Paulo pegou o Cruzeiro nas quartas de final e não teve chances. O time celeste venceu os 2 jogos, se classificando com o placar agregado de 4 a 1. Hernanes era o camisa 10 do time, mas estava mal e até foi reserva na partida de volta.

As melhores atuações de Hernanes na Libertadores aconteceram em 2010, quando ele estava prestes a sair do São Paulo e fez os primeiros gols dele na competição. Após se vingar do Cruzeiro nas quartas de final, o Tricolor foi eliminado na semi pelo Internacional, que seria campeão. O São Paulo chegou a vencer o jogo de volta, no Estádio do Morumbi, mas o gol sofrido fora de casa causou a eliminação. Hernanes saiu de campo chorando porque ia para Lazio-ITA e queria se despedir do clube com um título.