Fernando Diniz exalta atuação do São Paulo e explica posicionamento de Pato

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2020 09h15
DivulgaçãoFernando Diniz aprovou a estreia do São Paulo no Paulistão 2020

Fernando Diniz aprovou a estreia do São Paulo no Campeonato Paulista 2020. Depois da vitória por 2 a 0 sobre o Água Santa, no Morumbi, o treinador falou com a imprensa e disse ter gostado da atuação coletiva da equipe. O comandante do Tricolor ressaltou, principalmente, o segundo gol do time, marcado por Daniel Alves após jogada bem trabalhada.

“O time agradou, principalmente no primeiro tempo. Cometemos alguns equívocos que precisamos corrigir para o final de semana. Mas, de maneira geral, foi uma boa estreia. O tempo que tivemos para aprimorar em Cotia trabalhamos muito, tanto na parte tática, como na técnica. Para a estreia, os jogadores conseguiram mostrar bastante coisas que treinamos”, avaliou.

“Começamos esse trabalho ano passado e deu para dar uma aprofundada em alguns temas que deu para ver hoje. Principalmente no segundo gol. Foi um lance de repetição, repetição, repetição, e acabou saindo um gol muito daquilo que trabalhamos insistentemente em Cotia”, continuou.

Diniz também falou de ajustes na equipe para o clássico diante do Palmeiras, marcado para o próximo domingo (26), às 16h, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

“O meio pode ser ofensivo, mas não pode deixar o time vulnerável. Mas não é por conta que, se tivesse um jogador a mais de marcação, ficaria menos. Temos que ir ajustando as peças de acordo com o sistema. Vão acontecendo erros, mas vamos corrigindo. A gente espera corrigir os erros de hoje (quarta-feira) para o jogo de fim de semana”, declarou.

Na coletiva, o técnico do São Paulo também falou sobre o posicionamento de Alexandre Pato, que entrou no lugar de Helinho e passou a jogar mais centralizado – Pablo foi para o lado. Na visão de Diniz, o atacante deve jogar mais próximo do gol adversário.

“É uma coisa que ele falou algumas vezes, mas não vejo que ele tem dificuldade para jogar ali. Ele não é um nove fixo. Um jogador perigoso, com a técnica que ele tem, tem que ficar próximo ao gol. Acho que o Pato tem tudo para fazer uma boa temporada esse ano e ajudar o São Paulo”, opinou.