Lugano fala sobre Democracia Corinthiana e diz já ter atuado com atleta gay

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2020 15h55 - Atualizado em 24/04/2020 15h56
Divulgação SPFCLugano é superintendente de relações institucionais do São Paulo

Superintendente de relações internacionais do São Paulo, Diego Lugano concedeu uma longa entrevista ao jornal “Infobae”, da Argentina, nesta sexta-feira (24). Nela, o uruguaio revelou que chegou a estudar a “Democracia Corinthiana”, movimento liderado por alguns jogadores do Timão na década de 1980 que apoiou as Diretas Já.

“O Corinthians é meu maior rival aqui (no Brasil). Sócrates era um fenômeno, uma besta como jogador. Foi um momento muito particular da sociedade brasileira”, comentou o uruguaio a respeito do movimento liderado por Sócrates, irmão de Raí, atual diretor de futebol do Tricolor.

Lugano, por outro lado, também disse que ouviu as opiniões de Emerson Leão, goleiro do Corinthians na época e critico da Democracia.

“Eu também escutei Emerson Leão, uma personalidade forte, que era parte da Democracia. Disse que era muito linda a Democracia Corinthiana, mas que não o deixavam treinar”, comentou. É verdade, muito linda a democracia para decidir tudo, mas se de repente seis queriam treinar, e dez não, não te deixavam? É muito romântica a história, Sócrates é um fenômeno em um contexto social e político muito especial, mas, bem, temos que dar a dimensão necessária”, continuou Lugano.

Na conversa com o diário argentino, Lugano também comentou sobre homossexualidade no esporte. O ex-zagueiro revelou que já dividiu vestiário com um atleta gay e que a situação gerou polêmica na época.

“Eu tive um companheiro homossexual e houve polêmica a princípio, mas depende muito da conduta. Se é eficiente, se é boa pessoa, faz seu trabalho e não prejudica ninguém, não importa (a orientação sexual)”, comentou Lugano, sem dar mais detalhes.

” O futebol teoricamente é um ambiente machista, creio que todos tivemos uma experiência de ter compartilhado (o trabalho) com algum jogador homossexual. Que faça o melhor de sua vida para ser feliz. Vejo de forma muito natural”, concluiu.