Perto de repetir escalação, São Paulo não faz isso há 1 ano

  • Por Jovem Pan
  • 26/03/2019 11h06 - Atualizado em 26/03/2019 11h09
Rubens Chiri / saopaulofc.netSão Paulo pode ter encontrado base ideal para reta final do Campeonato Paulista

O São Paulo provavelmente vai repetir a mesma escalação nos 2 jogos contra o Ituano, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Mas isso não é nada comum no clube. A última vez que aconteceu foi há um ano, em 28 de março de 2018.

Naquela época, o treinador Diego Aguirre manteve o mesmo time que enfrentou o Corinthians nos 2 jogos da semifinal do Paulista. O time tinha Sidão; Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Petros e Nenê; Marcos Guilherme, Tréllez e Liziero.

Essa formação venceu o Corinthians no jogo de ida, por 1 a 0, no Estádio do Morumbi. Mas o Timão venceu pelo mesmo placar na partida de volta. Então a decisão foi para os pênaltis. Cássio defendeu a cobrança de Liziero e eliminou o São Paulo.

Depois disso, Aguirre começou vários rodízios na escalação, perdeu muitos jogadores e sofreu muitos desfalques durante o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana. Tudo isso atrapalhou o time a ter um final feliz em 2018. Daquele time, apenas 6 estão no elenco atual (Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo, Jucilei, Liziero e Nenê).

Em 2019, a expectativa é que o time repetido consiga manter o alto nível da primeira partida contra o Ituano. No jogo de ida, o São Paulo conseguiu ótima atuação e só piorou nos minutos finais, quando aconteceram substituições. A vitória por 2 a 1 dá uma vantagem importante para a partida desta quarta-feira (27), às 19h15 (de Brasília). O Tricolor vai se classificar com qualquer empate em Itu.

A escalação repetida de Vagner Mancini provavelmente terá Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Pablo e Everton Felipe.