Possíveis substitutos de Jardine estão com problemas pessoais

  • Por Jovem Pan
  • 14/02/2019 11h46
Ivan Storti/Santos FCCuca teve que fazer uma cirurgia no coração recentemente

Caso o São Paulo resolva demitir o técnico André Jardine, por causa do vexame na Copa Libertadores, a diretoria terá dificuldades para definir quem será o substituto. Os dois nomes preferidos, Cuca e Juan Carlos Osorio, estão com problemas pessoais e por isso podem recusar o Tricolor.

Cuca treinou o Santos no ano passado, mas teve que sair porque precisava fazer uma cirurgia no coração. A operação deu certo e ele está se recuperando. Mas será necessária uma liberação médica para que ele volte a trabalhar no São Paulo.

Como Cuca teve boa passagem pelo clube na década passada e conquistou títulos importantes recentemente, é o nome mais pedido pela torcida.

Outra opção é Osorio, que também já treinou o São Paulo. Ele estava no comando da seleção do Paraguai, mas saiu repentinamente nesta quarta-feira (13).

O anúncio surpreendeu a todos, mas o colombiano explicou que saiu “por razões familiares”. Então é improvável que essa questão pessoal seja resolvida rapidamente para que ele assuma o São Paulo.

Sem Cuca nem Osorio, o São Paulo terá uma grande incógnita para resolver. Técnicos jovens, como Roger Machado ou Jair Ventura, seriam rapidamente desaprovados pela torcida. E faltam treinadores experientes que estejam desempregados. Uma possibilidade é apelar para a experiência de Vanderlei Luxemburgo, mas ele não trabalha como técnico desde 2017 e não estava fazendo bons trabalhos recentemente.