Rogério Ceni mexe bem, e São Paulo busca empate com o Red Bull Bragantino

Alerrando abriu o placar para o time da casa no primeiro minuto de jogo, mas Eder saiu do banco para salvar o Tricolor em Bragança Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2022 18h25 - Atualizado em 24/04/2022 10h46
Diogo Reis/Agif/Estadão Conteúdo Eder abre os braços e comemora gol do São Paulo Eder comemora o gol de empate do São Paulo em Bragança Paulista

O São Paulo levou um gol do atacante Alerrando no primeiro minuto do duelo com o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, pelo Brasileirão, mas reagiu no segundo tempo e saiu do estádio Nabi Chedid com o empate por 1 a 1. O gol tricolor foi marcado por Eder, de cabeça, após cruzamento de Wellington. Os dois jogadores entraram no intervalo, após fracos 45 minutos do conjunto tricolor. Enquanto o Bragantino entrou em campo com uma escalação cheia de reservas, Rogério Ceni colocou o que tinha de melhor, mas não viu seus titulares corresponderem. A exceção foi Calleri. Brigador como sempre, o argentino deu trabalho para a dupla de zaga formada por Léo Realpe e Lomónaco. Faltou só caprichar um pouco mais nas finalizações — a melhor delas, no segundo tempo, passou perto da trave.

O Tricolor, no entanto, só melhorou quando o centroavante ganhou um companheiro de área. Com Eder na frente, Alisson na meia direita e Wellington na lateral esquerda, o Tricolor melhorou e passou a incomodar muito mais. É verdade que Hyoran perdeu ótima chance de fazer 2 a 0, em jogada bem trabalhada pelo Red Bull. Mas o São Paulo já merecia o empate e foi premiado aos 25 minutos. O gol animou o São Paulo, que vislumbrou a chance da virada e passou a dominar a partida. O time da casa também rondou o gol de Jandrei, mas a melhor chance de vitória caiu nos pés de Eder, que acertou a trave após ótimo passe de Rigoni. No final da partida, Rogério Ceni foi expulso após discutir com a arbitragem. Após três rodadas, o Tricolor tem quatro pontos no Campeonato Brasileiro. O Bragantino soma um a mais.