São Paulo aumenta corte salarial de funcionários para 50% em meio à pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2020 13h51
ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDODaniel Alves comemora com companheiros em partida válida pela Libertadores

O São Paulo vai ampliar o corte nos salários dos funcionários do clube para 50% durante a pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A medida será aplicada a partir de junho e será aplicada a todos os funcionários e diretores, com exceção do elenco de futebol profissional. A informação foi publicada pelo site “Globoesporte.com”, nesta sexta-feira (29).

Até o momento, o Tricolor havia anunciado uma redução nos vencimentos em 25%. A ampliação é respaldada por uma medida provisória do governo, que autoriza o corte proporcional com a redução da carga horária.

O plantel da equipe principal, no entanto, está sujeito a outro tipo de acordo. O São Paulo reduziu 50% dos salários em carteira e suspendeu o pagamento de direitos de imagem. Em contrapartida, o clube impôs um piso de R$ 50 mil a todos os jogadores, que receberão os valores descontados de forma parcelada no futuro.