Volta do São Paulo tem testagem para Covid-19 e novidades no elenco

  • Por Giovanni Chacon/Jovem Pan
  • 20/06/2020 12h35 - Atualizado em 20/06/2020 12h36
Rubens Chiri / saopaulofc.netGonzalo Carneiro pode ficar à disposição de Fernando Diniz no São Paulo

O elenco do São Paulo fez testes para a COVID-19, seguindo um dos protocolos para o retorno das atividades esportivas de treinamentos após a pausa devido à pandemia. Neste momento, os treinos têm a intenção de recondicionamento físico, sem contato com bola ou treinos táticos. O São Paulo adotou procedimentos de distanciamento desde a chegada ao CT, no estacionamento dos jogadores, até os treinos físicos. No momento em que o Brasil atingiu um milhão de casos de COVID-19, o futebol parece encaminhado para o retorno já em julho. Ao menos, essa é a intenção da própria Federação Paulista de Futebol, segundo fontes.

Um dos jogadores que antes pareciam não estar nos planos do tricolor, fez o teste e deverá estar à disposição de Fernando Diniz para o retorno. Trata-se do atacante uruguaio Gonzalo Carneiro, que estava, até abril, suspenso por doping. Na ocasião, Carneiro pegou gancho de dois anos pelo uso de cocaína, mas a pena foi reduzida para um ano, já que, no entendimento do Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD), o jogador se submeteu a tratamentos para dependência química.

Outro jogador que deve estar de volta ao Tricolor é o equatoriano João Rojas. Após sofrer com constantes lesões, o ponta-direita é visto no elenco como um possível substituto de Antony, que deixa o clube oficialmente no final do mês e jogará pelo Ajax-HOL. Vale lembrar que o contrato de Rojas vence no dia 31 de julho, mas o São Paulo pretende ao menos renovar com o atleta até o final do ano. Rojas se lesionou em outubro de 2018, numa partida contra o Vitória-BA  e teve que ser submetido a procedimentos cirúrgicos.