São Paulo e Atlético-PR farão jogo decisivo 13 anos após final da Copa Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 02/04/2018 13h07 - Atualizado em 02/04/2018 13h16
DivulgaçãoAtlético-PR venceu o São Paulo na Arena da Baixada no ano passado

Em julho de 2005, Atlético-PR e São Paulo fizeram uma final de Copa Libertadores da América. Quase 13 anos depois, os times não vivem um momento tão bom, mas farão novamente um confronto decisivo em mata-mata: vão se enfrentar pela quarta fase da Copa do Brasil. O confronto tem algumas doses de rivalidade que foram geradas a partir daquela decisão.

A grande polêmica aconteceu porque o Atlético-PR não conseguiu receber a final da Libertadores no próprio estádio. Na época a Arena da Baixada só tinha capacidade para receber 24 mil pessoas. Então o primeiro jogo da decisão teve que acontecer no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Aquela partida terminou empatada por 1 a 1, com duas curiosidades: o gol do Furacão foi marcado por Aloísio Chulapa, que depois se tornaria ídolo do tricolor paulista. Já o gol do São Paulo foi contra, em um lance bizarro, no qual o goleiro Diego espalmou a bola em cima do zagueiro Durval.

Mas no jogo de volta o São Paulo não deu chances para o Atlético-PR: Amoroso, Fabão, Luizão e Diego Tardelli garantiram a goleada por 4 a 0 e o título. Depois o time ainda seria campeão mundial, com vitória contra o Liverpool.

Apesar da derrota, o Atlético-PR tem dois prêmios de consolo: primeiro porque conseguiu eliminar o São Paulo na Copa Sul-Americana de 2008, após disputa nos pênaltis; e depois porque nunca perdeu para o São Paulo na Arena da Baixada, que foi inaugurada em 1999.

O primeiro confronto entre eles pela Copa do Brasil será justamente no estádio paranaense, nesta quarta-feira (4), às 21h45 (de Brasília). O jogo de volta será no Morumbi, no dia 19, às 19h15.