São Paulo empata com o Cruzeiro no Pacaembu, ouve vaias e agrava crise

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2019 18h21
RICARDO MOREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOGol da equipe paulista foi marcado por Alexandre Pato

Na tarde deste domingo (2), São Paulo e Cruzeiro ficaram no 1 a 1 em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019 — e continuam obrigados a lidar com suas crises. A equipe paulista tem enfrentado protestos desde que foi eliminada da Copa do Brasil; já o time mineiro não ganha há cinco jogos e tenta deixar as últimas posições no Brasileirão.

Com 12 pontos, o São Paulo figura agora na zona intermediária da tabela, após brigar pela ponta nas últimas rodadas. O Cruzeiro soma apenas sete, próximo da zona de rebaixamento.

Ciente da necessidade de vencer em casa para acalmar os ânimos, Cuca resolveu mexer no time e a principal novidade foi a entrada do meia Vitor Bueno. Mas quem fez a diferença mesmo foi Alexandre Pato, que retornou após ficar no banco de reservas contra o Bahia.

Logo aos 14 minutos, Reinaldo avançou com a bola e deu um belo passe para Pato, que, livre na meia-lua, invadiu a área e bateu no canto direito de Fábio para abrir o placar.

Além de Pato, quem também brilhou na primeira parte do jogo foi o goleiro Tiago Volpi. Foram pelo menos duas grandes defesas, em tentativas de Romero e de Dedé.

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou decidido a buscar o empate e pressionou até conseguir o seu gol. Aos 8 minutos, o árbitro consultou o VAR para analisar um suposto pênalti cometido por Anderson Martins, que teria cortado um chute de Romero com o braço, mas não interpretou o lance como infração.

Até que aos 22, o Cruzeiro conseguiu o seu objetivo e com direito a um golaço. Hudson fez falta na frente da área, Thiago Neves acertou uma bela cobrança e deixou tudo igual.

*Com Estadão Conteúdo