SPFC temeu não fechar com Dani Alves após proposta do Fla, diz dirigente

  • Por Jovem Pan
  • 20/03/2020 16h30
Divulgação/SPFCDaniel Alves foi apresentado no São Paulo para um Morumbi lotado

Alexandre Pássaro, gerente de futebol do São Paulo, participou do programa Bola da Vez, da ESPN. Em trecho da entrevista, que vai ao no próximo sábado (21), o dirigente revelou que temeu ver a negociação com Daniel Alves fracassar após uma investida do Flamengo.

“Um bastidor bom, que muita gente não sabe, é que nós jogamos no Rio de Janeiro no sábado à noite e eu e o Raí pegamos o primeiro voo do domingo de manhã. A equipe voltaria meio-dia ou 14h, mas nós pegamos o primeiro voo, chegamos em Congonhas e fomos direto para Alphaville, onde é a casa do Daniel, e lá a gente teve o primeiro contato. Tivemos um café da manhã com o Daniel, com muitas outras pessoas”, lembrou Pássaro.

“Não foi uma conversa para fazer uma proposta, foi para olhar nos olhos, ver se a gente tinha as mesmas expectativas, conhecer. Para que ele conhecesse melhor a gente, embora já conhecesse o Raí e a mim. A gente ficou até 15h, uma coisa assim. Naquela semana ele acabou sendo contratado na quinta-feira”, continuou.

O gerente de futebol, entretanto, contou que não estava muito confiante quando o negócio foi concretizado, no dia 1º de agosto de 2019, em uma quinta-feira.

“Na quarta-feira à noite a gente achou que tudo estivesse perdido, por interesse de outros clubes, especialmente do Flamengo. Na quarta à noite o Flamengo jogou contra o Emelec, classificou nos pênaltis na Libertadores e houve algumas ligações para o empresário. Na quinta a gente estava com a expectativa baixa, mas às 20h a gente conseguiu essa grande contratação para o São Paulo e para o futebol brasileiro”, finalizou.

O Tricolor conseguiu seduzir Daniel Alves após oferecer um contrato longo ao jogador, que vai até o final de 2022.

Nesta temporada, o camisa 10 é o artilheiro da equipe, com 5 gols marcados – quatro no Campeonato Paulista e um na Copa Libertadores da América.