Último confronto entre São Paulo e Fortaleza teve pênalti perdido por Rogério Ceni

  • Por Jovem Pan
  • 08/05/2019 11h16
Pedro Chaves/FortalezaRogério Ceni foi parado por Albérico em 2006

São Paulo e Fortaleza vão se enfrentar pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (12) e terão Rogério Ceni como principal atração. Afinal ele é ídolo do time paulista e atualmente comanda a equipe cearense. Será inclusive homenageado com um bandeirão na arquibancada do Castelão. O curioso é que não será a primeira vez que Ceni será protagonista em um duelo entre São Paulo e Fortaleza. Isso aconteceu também em 2006, justamente na última vez que os 2 times se enfrentaram.

Aquele jogo aconteceu no Estádio do Morumbi, em agosto, e foi válido pelo 2º turno do Campeonato Brasileiro. O São Paulo era líder da competição e favorito absoluto no confronto. Mas o técnico Muricy Ramalho fez uma mudança tática que não deu muito certo – Aloísio foi escalado como único atacante, na frente dos meias Danilo e Lenilson. A escalação, no 3-5-2, teve Rogério Ceni; Alex Silva, Fabão e Edcarlos; Leandro, Josué, Mineiro, Danilo, Lenilson e Richarlyson; Aloísio.

O São Paulo até dominou a partida, mas a tática não deu certo e foi desfeita no 2º tempo, com a entrada de Thiago Ribeiro. O Tricolor continuou a pressionar e teve chances de gol, mas o goleiro Albérico brilhou demais no Morumbi. Rogério Ceni chegou a acertar a bola na trave em uma cobrança de falta.

Os minutos finais foram emocionantes. Primeiro o Fortaleza conseguiu abrir o placar, com gol de Rinaldo. Mas apenas 2 minutos depois, Lenilson empatou. Rogério Ceni poderia ter construído a virada nos acréscimos, mas Albérico, em dia inspirado, pegou a cobrança de pênalti dele.

O São Paulo se manteve na liderança com esse empate e acabou sendo campeão brasileiro em 2006. Já o Fortaleza ficou em 18º lugar e foi rebaixado para a Série B. Depois caiu de novo e passou 8 anos na Série C. Só conseguiu voltar pra elite em 2018, com Rogério Ceni no comando técnico. A idolatria do ex-goleiro tem crescido muito em Fortaleza.