Você Sabia? Gabriel Barbosa ficou muito perto de fechar com o São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 02/05/2020 15h04
ADALBERTO MARQUES/DIA ESPORTIVO/ESTADÃO CONTEÚDOGabriel Barbosa é ídolo do Flamengo

O atacante Gabriel Barbosa ficou muito perto de fechar com o São Paulo em 2018. Quem contou foi o treinador Dorival Júnior, então treinador do Tricolor paulista, em entrevista ao “Canal do Nicola”. Gabigol, no entanto, recusou a proposta e preferiu voltar a vestir as cores do Santos.

Dorival contou que pediu a Raí, diretor de futebol do São Paulo, um jogador com características de lado de campo e citou Gabriel. A diretoria são-paulina teria avançando com representantes do atacante, mas a negociação travou.

“Quando eu me reuni com o Raí, quando ele tinha acabado de entrar como executivo de futebol, ele me falou ‘Dorival, eu tenho dinheiro pra contratar um jogador’. E eu falei ‘Raí, posso te falar uma coisa? Eu não quero que vocês tragam ninguém que não seja a nível de São Paulo, mas eu preciso de um jogador. Um atacante de lado’. Ele me pediu três nomes. Eu dei o do Everton (Cebolinha), do Bruno Henrique e do Gabigol. Estávamos fechados com o Gabigol. Eu estava nos Estados Unidos, e de repente, do nada, acabou não acontecendo e ele foi parar no Santos”, disse o atual comandante do Athletico-PR.

Dorival também lembrou que chegou a conversar com Gabriel Barbosa, que teria pedido para jogar no São Paulo mais centralizado.

“Pode perguntar pro Gabriel. Eu pedi um jogador e, inclusive, o Gabriel pediu para jogar como centroavante e eu falei ‘tá bom, não tem problema’. A gente conversou uma seis vezes. Eu saí dos Estados Unidos achando que o Gabriel estava contratado”, declarou.

Gabriel Barbosa tinha contrato com a Inter e foi emprestado ao Santos em 2018. Em 2019, o atleta foi cedido ao Flamengo e brilhou nas conquistas da Copa Libertadores e do Campeonato Brasileiro.

No começo de 2020, o Rubro-Negro carioca desembolsou 17 milhões de euros (R$ 78,4 milhões, na época) para ter o atleta em definitivo. A transação é a mais alta da história do futebol brasileiro.