Sem Bolaños, Equador é chamado para jogo contra o Brasil com Arboleda e Cazares

  • Por Estadão Conteúdo
  • 21/08/2017 16h22

Arboleda tem 25 anos e chegou a atuar na seleção equatoriana

Arboleda, zagueiro do São Paulo, foi um dos dois convocados que atuam no futebol brasileiro

A seleção do Equador vai enfrentar o Brasil pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 em 31 de agosto, na Arena Grêmio, sem um atacante do clube detentor do estádio: o atacante Miller Bolaños, que inclusive está com seu futuro incerto no time gaúcho. Ele não foi incluído nesta segunda-feira (21) pelo técnico Gustavo Quinteros na lista de convocados para o compromisso.

O treinador equatoriano também não convocou o zagueiro Erazo, do Atlético Mineiro. Ele usou como justifica para a ausência desses jogadores do futebol brasileiro o fato de eles estarem sendo pouco aproveitados em seus clubes. Além disso, Quinteros não chamou em sua lista de 27 jogadores o atacante Jefferson Montero e os defensores Arturo Mina e Yeni Malatyaspor.

Entre os jogadores equatorianos que estão em atividade no futebol brasileiro, Quinteros convocou o zagueiro são-paulino Arboleda e o meia Cazares, do Atlético Mineiro.

O Equador está em queda livre nas Eliminatórias, mas Quinteros acredita em três vitórias nos últimos quatro jogos para classificar a sua seleção ao Mundial da Rússia. A equipe soma 20 pontos e está em sexto lugar – os quatro primeiros vão à Copa e o quinto disputará uma repescagem. Além do Brasil, a seleção equatoriana também vai enfrentar o Peru, em 5 de setembro, em Quito.

Suspensos do duelo com o Brasil, o meio-campista Jefferson Orejuela, do Fluminense, e o defensor Luis Caicedo, do Barcelona de Guayaquil, vão se juntar ao grupo para o confronto com a seleção peruana.

Confira a lista de convocados da seleção equatoriana: 

Goleiros: Esteban Dreer (Emelec), Máximo Banguera (Barcelona), Librado Azcona (Olimpia/Paraguai).

Defensores: Pedro Velasco (Barcelona), Robert Arboleda (São Paulo/Brasil), Darío Aimar (Barcelona), Gabriel Achilier (Morelia/México), Fernando León (Independiente del Valle), Cristian Ramírez (Krasnodar/Rússia), Walter Ayoví (Guayaquil City), Oscar Bagüí (Emelec).

Meio-campistas: Antonio Valencia (Manchester United/Inglaterra), Renato Ibarra (América/México), Christian Noboa (Zenit/Rússia), Fernando Gaibor (Emelec), Carlos Gruezo (Dallas/Estados Unidos), Pedro Quiñónez (Emelec), Matías Oyola (Barcelona), Juan Cazares (Atlético Mineiro/Brasil).

Atacantes: Angel Mena (Cruz Azul/México), Marcos Caicedo (Barcelona), Fidel Martínez (Atlas/México), Enner Valencia (Tigres/México), Felipe Caicedo (Lazio/Itália) e Michael Estrada (Independiente del Valle).