Sem Higuaín, Sampaoli convoca Argentina para jogos decisivos pelas Eliminatórias

  • Por Estadão Conteúdo
  • 11/08/2017 13h20
Higuaín ficou de fora dos próximos compromissos da seleção argentina

A seleção da Argentina terá Lionel Messi e Paulo Dybala, mas não contará com o centroavante Gonzalo Higuaín para os dois próximos jogos pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018 contra Uruguai e Venezuela, decisivos pelo fato de os argentinos estarem na quinta colocação no momento e correrem sérios riscos de não se classificarem ao Mundial na Rússia. A lista com os 23 jogadores convocados pelo técnico Jorge Sampaoli foi revelada nesta sexta-feira (11) pela AFA (Associação de Futebol Argentino).

Em Sevilha, na Espanha, onde está encerrando um tour por várias cidades europeias para conversar com os jogadores argentinos, Jorge Sampaoli decidiu não contar com o centroavante da Juventus, que na temporada passada foi campeão italiano e vice da Liga dos Campeões da Europa. Além deles, ficaram de fora nomes como o defensor Emanuel Mammana (negociado ao Zenit St Petersburg, da Rússia) e o atacante Alejandro Gómez (Atalanta, da Itália).

Quem volta ao grupo de convocados são os atacantes Sergio “Kun” Agüero, do Manchester City, e Javier Pastore, que fez uma boa pré-temporada no Paris Saint-Germain, onde agora tem a “concorrência” do brasileiro Neymar.

Os jogos contra o Uruguai – no próximo dia 31, em Montevidéu – e contra a Venezuela – em 5 de setembro, como mandante – serão os primeiros oficiais de Jorge Sampaoli no comando técnico da Argentina. Contratado em maio para o lugar de Edgardo Bauza, ele estreou em junho com vitórias em amistosos contra Brasil e Cingapura.

Nas Eliminatórias, a Argentina está na quinta colocação, com 22 pontos, e hoje teria de disputar uma repescagem contra um representante da Oceania (Nova Zelândia ou Ilhas Salomão) para ir à Copa de 2018. Está atrás de Brasil (33 pontos e já classificado), Colômbia (24), Uruguai (23) e Chile (23). Os seus perseguidores são Equador (20), Peru (18) e Paraguai (18).

Confira os 23 convocados da seleção da Argentina:

Goleiros – Sergio Romero (Manchester United-ING), Nahuel Guzmán (Tigres-MEX) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad-ESP)

Defensores – Nicolás Otamendi (Manchester City-ING), Gabriel Mercado (Sevilla-ESP), Javier Mascherano (Barcelona-ESP), Federico Fazio (Roma-ITA) e Nicolás Pareja (Sevilla-ESP)

Meio de campo – Ever Banega (Sevilla-ESP), Manuel Lanzini (West Ham-ING), Leandro Paredes (Zenit St.Petersburg-RUS), Lucas Biglia (Milan-ITA), Eduardo Salvio (Benfica-POR), Joaquín Correa (Sevilla-ESP), Guido Pizarro (Sevilla-ESP), Javier Pastore (Paris Saint-Germain-FRA), Marcos Acuña (Sporting Lisboa-POR) e Ángel Di María (Paris Saint-Germain-FRA)

Atacantes – Sergio “Kun” Agüero (Manchester City-ING), Paulo Dybala (Juventus-ITA), Lionel Messi (Barcelona-ESP), Joaquín Correa (Sevilla-ESP) e Mauro Icardi (Internazionale-ITA)