Sorteio da Libertadores põe Boca no caminho do Palmeiras; Corinthians pega Independiente

  • Por Estadão Conteúdo
  • 20/12/2017 23h30 - Atualizado em 20/12/2017 23h33
Divulgação ConmebolComo era de se esperar, caminho dos brasileiros na Libertadores não será fácil

O sorteio dos grupos da Copa Libertadores foi realizado na noite desta quarta-feira (20), em Luque, no Paraguai, e reservou um caminho complicado para alguns times brasileiros. Entre eles o Palmeiras, que caiu no Grupo 8 da competição e na primeira fase já terá pela frente o tradicional Boca Juniors, além do Alianza Lima, do Peru, e um quarto representante a ser definido.

O Boca foi um dos oito cabeças de chave do sorteio, no qual o presidente palmeirense Maurício Galliote esteve presente e evitou lamentar o fato de o seu clube precisar encarar o tradicional rival. “É um clássico, é um jogo grande, e é bom começar com um jogo grande. E esperamos fazer bons jogos na Libertadores”, projetou o dirigente, em entrevista ao SporTV.

O Corinthians, por sua vez, entrou no sorteio como cabeça de chave e caiu no Grupo 7, no qual também não deverá ter vida fácil. Um dos seus rivais será o também tradicional Independiente, que acaba de conquistar a Copa Sul-Americana e ganhou sete títulos da Libertadores. O Millonarios, da Colômbia, e o Deportivo Lara, da Venezuela, serão os outros dois rivais dos corintianos nesta fase.

Também em Luque para acompanhar o sorteio, o presidente alvinegro Roberto de Andrade qualificou a chave do seu time como complicada. “Aqui não dá pra falar que gostou ou não gostou do grupo. Pelo que vi, os oito grupos são difíceis. O Independiente é um time que recentemente todos viram, foi campeão da Sul-Americana, e o Millonarios também é um adversário fortíssimo”, analisou.

Entre os paulistas, quem pode dizer que teve melhor sorte foi o Santos, que está no Grupo 6 e enfrentará Estudiantes, da Argentina, Real Garcilaso, do Peru, e um rival ainda a ser definido na última fase preliminar.

O Flamengo, que acabou de cair na final da Sul-Americana deste ano, é outro time brasileiro que caiu em um grupo complicado. Vai medir forças com o também argentino River Plate, com o Emelec, do Equador, e um quarto rival a ser determinado no último estágio preliminar.

Atual campeão da Libertadores, o Grêmio vai pegar Cerro Porteño, do Paraguai, Defensor, do Uruguai, e Monagas, da Venezuela, no Grupo 1, enquanto o Cruzeiro caiu em uma chave considerada mais complicada, com Universidad de Chile, Racing, da Argentina, e um quarto rival a ser definido.