Sorteio da Copa Libertadores terá 3 brasileiros como cabeças de chave e uma vaga indefinida

  • Por Jovem Pan
  • 17/12/2018 08h56
Palmeiras/DivulgaçãoPalmeiras e Cruzeiro serão cabeças de chave

A 60ª edição da Copa Libertadores vai começar nesta segunda-feira (17), às 21h30 (de Brasília), quando acontecerá o sorteio das fases preliminares e dos grupos. Serão 47 times na disputa em 2019, sendo que apenas uma vaga ainda está aberta. Os potes já foram definidos pela atualização do ranking da Conmebol

O San José de Oruro, da Bolívia, garantiu a penúltima vaga na Libertadores neste domingo (16). Mas o Campeonato Boliviano não acabou ainda. Falta uma rodada. Então existe mais uma vaga em disputa e também não dá para saber em que fase entrará o San José por enquanto.

O Brasil terá o maior número de representantes, com Palmeiras, Flamengo, Internacional, Grêmio, Cruzeiro, Athletico Paranaense, São Paulo e Atlético-MG.

Destes, três serão cabeças de chave no sorteio: Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro. Isso foi definido pelo ranking da Conmebol, que leva em conta o desempenho histórico na Libertadores e nos campeonatos nacionais.

Atual campeão, o River Plate-ARG estará automaticamente no pote 1, ao lado dos sete melhores ranqueados: Boca Juniors-ARG, Grêmio, Nacional-URU, Peñarol-URU, Palmeiras, Cruzeiro e Olímpia-PAR.

No segundo pote ficam o campeão da Copa Sul-Americana, Athletico Paranaense, e outras sete equipes: Cerro Porteño-PAR, San Lorenzo-ARG, Emelec-EQU, Inter, Flamengo, Universidad Católica-CHI e Sporting Cristal-PER.

O terceiro pote estará composto pelos oito clubes seguintes na classificação: Jorge Wilstermann-BOL, Rosario Central-ARG, LDU-EQU, Junior-COL, Alianza Lima-PER, Huracán-ARG, Godoy Cruz-ARG e Zamora-VEN

Por fim, o pote 4 é reservado aos quatro times posicionados entre o 24º e o 31º lugar do ranking, além das quatro equipes oriundas das fases prévias – se Atlético-MG e São Paulo passarem pelos playoffs, é aí que vão ser encaixados. Os 4 já garantidos são Deportivo Lara, Tolima, Universidad Concepción e o campeão boliviano, que tem tudo para ser o San José de Oruro – precisa apenas de um empate na última rodada para ficar com o título.

Na 2ª fase da “Pré-Libertadores” estão Atlético-MG, São Paulo, Universidad do Chile-CHI, Palestino-CHI, Independiente Medellín-COL, Atlético Nacional-COL, Barcelona-EQU, Libertad-PAR, Melgar-PER, Danubio-URU, Caracas-VEN, Talleres-ARG e um representante boliviano. Três times sairão da 1ª fase e entrarão nesta etapa também.

Na 1ª fase da “Pré-Libertadores” estão The Strongest, Delfín-EQU, Nacional-PAR, Real Garcilaso-PER, Defensor Sporting-URU e Deportivo La Guaira-VEN – este é o único estreante na competição até agora.

Haverá ainda uma 3ª fase da “Pré-Libertadores” antes de começar a fase de grupos pra valer. E vale lembrar que a regra do sorteio determina que não pode haver na mesma chave dois ou mais clubes de um mesmo país, a menos que estes venham da fase preliminar da Libertadores. Ou seja, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Flamengo, Internacional e Athletico Paranaense obrigatoriamente não vão se cruzar na fase de grupos. Mas São Paulo e Atlético-MG correm o risco de cair numa chave que contenha um time brasileiro.

A grande novidade da Libertadores de 2019 será a final em jogo único, marcada para o Estádio Nacional, em Santiago, no Chile, no dia 23 de novembro. Exceção à decisão, o formato do restante da competição seguirá os moldes de 2018. São 47 participantes ao todo. Seis começarão a primeira fase, na qual se disputam três vagas para a etapa seguinte. Nesta, de onde começarão são-paulinos e atleticanos, vão compor as 16 equipes que duelarão por oito vagas. Deste último funil sairão os quatro integrantes que carimbam lugar na fase de grupos. A Libertadores se estenderá pelo ano todo: começa em 5 de fevereiro e acaba em 23 de novembro.

Com Estadão Conteúdo