STJD indefere pedido do Cruzeiro para jogar com torcida única contra o Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 06/12/2019 16h09
Antilhes Bicalho / Photopress / Estadão ConteúdoCruzeiro pode ser rebaixado

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo César Salomão Filho, indeferiu o pedido do Cruzeiro para atuar com torcida única na partida contra o Palmeiras, no próximo domingo (8), no Mineirão, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro, que pode culminar com o rebaixamento da Raposa para a Série B.

O pedido foi indeferido nesta sexta-feira (6) pelo presidente do STJD. Em sua argumentação, Salomão afirma que o clube mandante “deverá adotar medidas preventivas concretas, aumentando o efetivo de seguranças  particulares e/ou o solicitando reforço no contingente da força policial”.

O Cruzeiro é 17º colocado, com 36 pontos, e está na zona do rebaixamento, dois pontos atrás do Ceará, primeiro time livre da degola. Para não cair para a Série B do próximo ano, a Raposa precisa vencer o Palmeiras e contar com uma derrota do Vovô para o Botafogo, fora de casa. Um empate do clube cearense já rebaixa o Cruzeiro, independente do seu jogo.