STJD rejeita pedido do Avaí de impugnação de partida contra o CSA

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2019 20h04
Célio Júnior e Francisco Cedrim/RCortez/CSACSA x Avaí

Paulo César Salomão Filho, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD), impugnou o pedido do Avaí de anulação da partida contra o CSA, realizada no dia 6 de outubro, pela 23ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

“A jurisprudência histórica e pacífica deste STJD é no sentido que somente o erro de direito é que pode servir para arrimar a pretensão de Impugnação ao Resultado da Partida, e o princípio do pro competitione informa que não se deve vulgarizar este instituto, deixando em dúvidas o resultado obtido em campo quando inexistem fundamentos mínimos que arrimem a pretensão”, justificou Paulo César Salomão Filho.

O lance em questão apontado pelo Avaí aconteceu aos 21 minutos do segundo tempo. Depois de bola levantada na área, Ricardo Bueno, atacante do CSA, subiu, se chocou com um adversário e caiu no chão pedindo pênalti. Anderson Daronco, árbitro da partida, inicialmente não viu nada. Na sequência, o VAR chamou o juiz e solicitou que ele fosse rever o lance. Ao analisar o lance no vídeo, Daronco voltou atrás e marcou pênalti.