STJD suspende decisão que compartilhava mando de campo da final da Taça Rio

Decisão devolve mando de campo ao Fluminense na partida desta noite

  • Por Jovem Pan
  • 08/07/2020 21h09 - Atualizado em 08/07/2020 21h12
NAYRA HALM/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOMaracanã: final da Taça Rio começa em instantes

A novela envolvendo a transmissão de Fluminense x Flamengo, jogo que vale o título da Taça Rio e começa em instantes no Maracanã, ganhou mais um capítulo nesta noite. Em decisão publicada há pouco, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendeu, a pedido do Flu, a decisão do TJD-RJ que compartilhava o mando de campo da partida, e assim, permitia que o Flamengo transmitisse a partida.

No texto, Paulo Cesar Salomão Filho, presidente do STJD, argumenta que o regulamento do Campeonato Carioca estabelece que a partida tenha mando sorteado, como foi feito, portanto, a decisão de José Jayme Santoro “não se sustenta”. Salomão Filho afirma também que à Justiça Desportiva “está limitada à disciplina e às competições desportivas”, portanto, não cabe o julgamento de questões envolvendo direitos de transmissões.

O tribunal reforça que a legislação impede a alteração do regulamento das competições depois de sua divulgação definitiva.

Mais cedo, o Flamengo ganhou no TJD-RJ o direito de transmitir a partida. O clube se manifestou celebrando a decisão, mas afirmou que só faria a transmissão da partida caso fosse resolvido o imbróglio entre o Fluminense e a TV Globo, que detém os direitos da partida.

O Fluminense, por sua vez, reafirmou que faria a transmissão, e que não havia nenhum problema com a emissora.