The Best! Marta se isola como a maior do mundo e Modric põe fim a dinastia CR7 e Messi

  • Por Jovem Pan
  • 24/09/2018 17h00 - Atualizado em 24/09/2018 17h34
EFEModric e Marta são eleitos os melhores jogadores do mundo pela FIFA

O The Best, evento organizado pela FIFA para premiar os destaques do mundo da bola e realizado em Londres, nesta segunda-feira (24), que não contou com a presença de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, acabou premiando entre tantos, a brasileira Marta e o croata Luka Modric como melhores jogadores da temporada.

Marta se destacou na última temporada pelo Orlando Pride, dos Estados Unidos, e se isolou como a maior vencedora do prêmio (seis vezes), superando CR7 e Messi com cinco troféus cada. Quem também deixou a dupla para trás foi Luka Modric, que brilhou com as camisas do Real Madrid e seleção croata na Copa do Mundo, levando seu país ao inédito vice-mundial. O meia pôs fim a hegemonia de CR7 e Messi.

Além da premiação de melhor do mundo, o The Best indicou o gol mais bonito da temporada, melhor treinador, treinador feminino, goleiro, jogador revelação, seleção da temporada, entre outros. Destaque para Mohamed Salah, vencedor do Prêmio Puskas (o gol mais bonito), pelo gol marcado diante do Everton, pelo Campeonato Inglês, em dezembro de 2017.

A seleção da temporada, que foi anunciada por Ronaldinho Gaúcho e pelo alemão Michael Ballack, contou com dois brasileiros e teve a soberania do Real Madrid entre os 11: David De Gea, Daniel Alves, Raphaël Varane, Sergio Ramos, Marcelo, Luka Modric, N’Golo Kanté, Eden Hazard, Lionel Messi, Kylian Mbappé e Cristiano Ronaldo.

Brasileiros em destaque

Além de Marta, outros brasileiros chamaram a atenção durante o The Best. Ronaldinho Gaúcho, um dos convidados para participar do evento (apresentou a seleção da temporada), chamou atenção em sua chegada pelo visual (devido ao uso da boina e a falta da gravata) e depois por ter exaltado Neymar.

Além do ex-jogador, campeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002, Jackson Follmann, sobrevivente da tragédia da Chapecoense, participou da entrega de prêmio ao melhor goleiro. O brasileiro foi o responsável por anunciar o belga Thibaut Courtois, que brilhou na Copa do Mundo e foi recentemente contratado pelo Real Madrid.

Emocionada, Marta superou a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzsenifer Marozsan

Roberto Carlos, ex-lateral do Real Madrid e Seleção, também participou da premiação. Ele entregou o troféu a Marta, eleita a melhor jogadora do mundo na temporada, Bastante emocionada, a brasileira não conseguiu segurar as lágrimas e agradeceu a todos que lhe ajudaram na caminhada como jogadora de futebol.

“Eu realmente estou sem palavras, pois é um momento fantástico. As pessoas falam: ‘você já foi tantas vezes e se emociona sempre’. Sim, faço isso porque representa muito para mim”, afirmou Marta após receber o troféu. A brasileira superou a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzsenifer Marozsan, ambas do Lyon.

Demais premiações

Melhor técnico do futebol feminino: Reynald Pedros (Lyon-FRA)

O ex-jogador francês foi um dos responsáveis por levar o Lyon mais uma vez ao título da Liga dos Campeões Feminina na última temporada e também ao campeonato nacional.

Melhor torcida: Peru

Depois de 36 anos de ausência na Copa do Mundo, torcedores peruanos lotaram os estádios da Rússia para acompanharem à seleção do país na competição.

Fair Play: Lennart Thy (VVV Venlo-HOL)

O alemão foi o vencedor do Prêmio Fair Play após perder um jogo de sua equipe para doar sangue e ajudar um paciente que sofria de leucemia.