Time inglês inova e entra em campo com mascote virtual

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2018 16h45 - Atualizado em 23/04/2018 17h00
Divulgação EvertonO AV1 permitiu que um torcedor do Everton "entrasse" em campo com os jogadores de sua casa

O Everton, um dos clubes mais tradicionais da Inglaterra, inovou ao entrar em campo nesta segunda-feira (23). Antes da bola rolar para o duelo contra o Newcastle, pela 35ª rodada do Campeonato Inglês, o capitão Phil Jagielka conduziu um “mascote virtual” até o centro do gramado.

O robô de telepresença chamado AV1 permitiu que um torcedor que não estava presente ao estádio “entrasse” em campo com os jogadores. O “mascote virtual”, idealizado e fabricado por um empresa norueguesa, é normalmente utilizado por jovens com severas limitações de mobilidade frequentem escolas e eventos sociais.

De acordo com nota divulgada pelo Everton, o torcedor que “entrou” em campo com Phil Jagielka foi Jack McLinden, de 14 anos, que sofre de uma doença crônica, faz uso de cadeira de rodas e depende de um aparelho de oxigênio para sobreviver. Ele mora em Liverpool e através de um iPad pode acompanhar e sentir todas as emoções da experiência.

“Com apoio de todos pudemos proporcionar esse momento ao Jack. Isso significa que ele nunca estará sozinho, isolado ou sem apoio. Estamos felizes e entusiasmados por Jack desfrutar essa experiência única em sua vida”, disse a mãe do garoto, Michelle Wignall, embaixadora da WellChild, instituição que presta assistência a crianças com limitações de mobilidade.

Confira o vídeo: