Morre Oswaldo Alvarez, ex-técnico da seleção feminina de futebol, aos 63 anos

  • Por Jovem Pan
  • 25/05/2020 14h29 - Atualizado em 25/05/2020 14h57
Lucas Figueiredo/CBFO ex-técnico da seleção feminina Oswaldo Alvarez morreu nesta segunda-feira (25)

Morreu nesta segunda-feira (25) o ex-técnico de futebol Oswaldo Alvarez, o Vadão, aos 63 anos. Ele lutava contra um câncer no fígado desde o ano passado.

Com passagens por Corinthians, São Paulo, Guarani e Ponte Preta, Vadão foi o técnico da seleção brasileira de futebol feminino na última Copa do Mundo da modalidade, no ano passado.

O ex-treinador foi diagnosticado com câncer no ano passado e passava por tratamento. O quadro de saúde dele, no entanto, piorou no dia 12 deste mês, quando o técnico foi internado no Hospital Albert Einstein, e ele técnico não resistiu às sessões de quimioterapia e radioterapia.

Vadão foi campeão do Torneio Rio-São Paulo pelo São Paulo, em 2001, e da Série C do Campeonato Brasileiro com o XV de Piracicaba, em 1995, entre outros títulos.

Um dos maiores trabalhos dele foi comandando a seleção feminina de futebol. O técnico teve duas passagens pela equipe, entre 2014 e 2016 e entre 2017 e 2019. Ele foi bicampeão da Copa América, em 2014 e 2018, e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto, no Canadá.

Vadão foi demitido da seleção em 2019, após eliminação na Copa do Mundo, na França. Este foi o último trabalho dele no futebol.