Vasco paga salários de maio e faz acordo para quitar vencimentos atrasados

Jogadores não recebem direitos de imagem desde agosto de 2019

  • Por Jovem Pan
  • 10/07/2020 21h33
Rafael Ribeiro/VascoJogadores do Vasco treinam em São Januário nesta sexta-feira

O Vasco comunicou nesta sexta que realizou o pagamento dos salários de maio do elenco. Em grave crise financeira, o clube também fechou um acordo com os jogadores para acertar em parcelas os vencimentos de março e abril, além de direitos de imagem – atrasados desde agosto do ano passado. A primeira parte do acordo também já foi depositada.

O salário de junho, negociado separadamente, deve ser pago até o dia 20 do mês seguinte. Além disso, anteriormente, parte do passivo foi reduzido com o valor obtido após a venda de Marrony ao Atlético-MG.

“O clube agradece aos atletas, que, mais uma vez, demonstraram sua confiança na diretoria administrativa e comprovaram sua relação de parceria com o clube, sendo fundamentais para a celebração desta operação financeira”, esclareceu o clube em nota.

A diretoria acrescentou que não reduziu os salários durante a pandemia, como grande parte das equipes. “Vale lembrar que, diferentemente de vários clubes brasileiros, o Vasco da Gama optou por não reduzir os vencimentos dos jogadores em meio à pandemia da Covid-19, apesar dos reconhecidos prejuízos decorrentes da paralisação do futebol”, afirmou.

Novo uniforme

Nesta sexta, o Vasco também anunciou que vai lançar sua nova camisa no dia 3 de agosto. O modelo deve ser estreado no início do campeonato Brasileiro.

Esse será o primeiro conjunto produzido pela Kappa, que substituirá a Diadora como fornecedora oficial do material esportivo. A Kappa foi parceira do clube entre 1005 e 2000, vestindo o time em dois títulos Brasileiros, no da Libertadores e do Mercosul.

* Com Estadão Conteúdo