Gabigol não tem pressa. Ele só sai do Santos para brigar por título da Champions

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2016 19h11

Gabigol está no radar de clubes europeusGabigol está no radar de clubes europeus

Engana-se quem pensa que Gabigol tem urgência de sair do futebol brasileiro. Em entrevista exclusiva a Flávio Prado para o Plantão de Domingo, da Rádio Jovem Pan, o empresário do atacante revelou que ele só deixará o Santos se receber proposta de um clube capaz de disputar o título do principal torneio de clubes do planeta. 

De acordo com a vontade do Gabriel, ele só sai do Santos para um clube europeu que dispute o título da Champions League“, contou o empresário Wagner Ribeiro. “Então, daí, você já limita muito o número de times. São dois espanhóis, dois ingleses, um alemão, um francês, as equipes que todos conhecem..., acrescentou. 

Por esse motivo, Gabigol recusou duas ofertas tentadoras nas últimas semanas. Primeiro, rejeitou proposta do Porto, de Portugal, que costuma ser bom “trampolim” para os jogadores que querem atuar nos gigantes da Europa. Depois, sequer se sentiu seduzido por investida de um clube chinês, que, segundo Wagner Ribeiro, ofereceu valor astronômico ao Santos – superior aos 30 milhões de euros (R$ 117 milhões).  

“O Gabriel não quis nem conversar. E eu concordo. Ele tem 19 anos, e a China, por melhor que seja, é um projeto para daqui dez, 12 anos“, explicou Wagner Ribeiro.

A oferta que mais agradou o atacante foi a do Borussia Dortmund, que colocou 25 milhões de euros (R$ 97 milhões) sobre a mesa do SantosNo entanto, neste caso, foi o clube alvinegro quem não aceitou negociar o camisa 10Na atual conjuntura, o Peixe só aceita liberar Gabigol por, no mínimo, 35 milhões de euros (R$ 136 milhões) – apesar de a multa rescisória do atacante ser de 50 milhões de euros (R$ 194 milhões). 

Tantos empecilhos fazem com que, hoje, a permanência do atacante na Vila Belmiro seja mais provável do que uma possível saída. Até mesmo a eliminação da Seleção Brasileira na primeira fase da Copa América pode ajudar o Santos a segurar Gabigol por mais tempo – a janela de transferências será aberta em 22 de junho. 

Por mais injusta que tenha sido, a eliminação do Brasil prejudica, sim, os planos de transferência à Europa, porque o Gabriel iria fazer mais gols, jogar bem… A queda na Copa América foi ruim para ele, que está na vitrine“, admitiu. 

Assim, Ribeiro não descarta sequer prorrogar o vínculo de Gabigol com o Santos – que, hoje, vai até setembro de 2019. Tudo para que o atacante seja valorizado e, futuramente, vendido por um valor ainda maior do que os que têm sido oferecidos ao Santos atualmente. 

Estive com o presidente há pouco tempo, e até falamos em renovação para que as cláusulas contratuais sejam atualizadas, e ele fique no Santos por pelo menos mais dois, três anos“, afirmou o empresárioNeste momento, o Gabriel não tem interesse em deixar o Santos”, encerrou, com uma frase que, certamente, tornará o dia do torcedor alvinegro mais feliz.