Gabriel Dias comenta mudança de posição e garante time focado na última rodada

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2014 16h16

Gabriel Dias jogou como volante contra o Internacional e agradou

Gabriel Dias

Gabriel Dias foi colocado em campo pelo técnico Dorival Júnior, na derrota para o Internacional por 3 a 1, no último sábado (29), e ele foi a grande novidade do Palmeiras no confronto. Atuando como volante, o jovem de 20 anos de idade não conseguiu ajudar o time a vencer, mas ele acredita que o Verdão conseguirá fugir do rebaixamento.

“O resultado não foi o que a gente queria, mas temos de levantar a cabeça e ter a consciência de que a postura foi diferente da dos últimos jogos. Não nos intimidamos com o Internacional e fizemos um jogo bem equilibrado fora de casa. Sabemos do nosso potencial e tenho certeza de que entraremos assim, ou até mais focados ainda, na última rodada”, declarou.

Gabriel Dias também falou sobre a mudança de posição, já que ele foi promovido para a equipe profissional como zagueiro, mas atuou como volante no último compromisso.

“Comecei a carreira, no Bandeirante de Birigui, como volante. Em 2011, já na base do Palmeiras, virei zagueiro por necessidade, agradei – conquistei, inclusive, títulos como defensor – e acabei subindo. O professor (Dorival Júnior) sabia que eu poderia ser volante, me deu confiança e me escalou em uma partida importante. Claro que eu queria ter voltado a São Paulo com os três pontos, mas foi uma oportunidade valiosa e quero continuar trabalhando para terminar o ano bem, com o clube na Série A, e começar um 2015 ainda melhor”, prosseguiu o jovem.

O jogador agradeceu o apoio dos companheiros e frisou que a força da torcida alviverde será crucial na última rodada.

“Tanto o Lúcio quanto o Victorino me ajudaram muito, me orientaram bastante contra o Inter. Sobre a última rodada, tenho certeza de que a torcida comparecerá em peso e nos motivará muito para sairmos vencedores contra o Atlético-PR”, finalizou.