Gabriel exalta dupla com Arouca e diz que elenco adora Oswaldo de Oliveira

  • Por Jovem Pan
  • 01/06/2015 17h29
SÃO PAULO, SP - 01.06.2015: TREINO DO PALMEIRAS - O jogador Gabriel, da SE Palmeiras, concede entrevista coletiva antes do treinamento na Academia de Futebol, no bairro da Barra Funda. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)Para Gabriel

Nada como uma vitória em clássico para melhorar o ambiente. Para o Palmeiras, o triunfo sobre o Corinthians no domingo por 2 a 0 foi fundamental para dar tranquilidade aos jogadores e ao técnico Oswaldo de Oliveira. E nesse tom o volante Gabriel concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira (1º), elogiando os colegas Arouca e Valdivia, destaques no derby, e reforçando a confiança no treinador.

“A gente tirou um peso que estava nas nossas costas. Ainda não havíamos vencido no Brasileiro, e a primeira vitória foi em um clássico, importante para subir na classificação. Agora vamos tentar, degrau a degrau, colocar o Palmeiras no topo da tabela”, disse Gabriel, antes de exaltar a dupla formada com Arouca.

“O Arouca é um jogador de muita qualidade, muito experiente, vitorioso. Me ajuda bastante, porque sou muito jovem ainda, apesar de ter um pouco de rodagem. Ele me ajuda principalmente na forma de jogar, porque marca e sai para o jogo. E eu tenho essa característica também”, analisou. “Essa dupla está dando frutos, mas quem for jogar tem qualidade. O Amaral, o Robinho, outros jogadores. Procuramos sempre jogar para o Palmeiras subir na tabela”.

O ex-botafoguense aproveitou para reforçar a confiança em Oswaldo de Oliveira, que foi alvo de especulações de demissão nas últimas semanas. “O grupo adora o Oswaldo, isso eu posso dizer porque vejo as conversas de vestiário. Os jogadores adoram o Oswaldo e sabíamos que ele estava pressionado. Não só ele, nós também e a diretoria, pelo investimento que teve. Alguma coisa não estava normal”. Por fim, o volante disse que espera pela renovação de contrato do meia Valdivia.

“O Valdivia é um grande jogador, um cara muito importante. Mostrou ontem como faz a diferença, é um jogador que segura a bola, dá o último passe. A gente torce muito para que fique, porque é diferenciado. Mas claro que o grupo está muito consciente, tem jogadores de qualidade para suprir. O Oswaldo vai montar o time para vencer com ou sem ele”, elogiou.

O Palmeiras volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no domingo (7) diante do Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli. Com cinco pontos somados em quatro partidas, o Verdão ocupa a 11ª colocação na tabela.