Gabriel Medina é o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe

  • Por Jovem Pan
  • 19/12/2014 21h50
HONOLULU, EUA, 19.12.2014: SURFE-MUNDIAL - Gabriel Medina durante o 4º round da competição do Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial de Surfe, nesta sexta-feira (19) na praia de Pipeline, em Honolulu, na ilha de Oahu no Havaí, Estados Unidos. (Foto: Thiago Bernardes / Frame/Folhapress)Gabriel Medina comemora vitória na praia. Brasileiro fez história no surfe mundial

O momento que todos esperavam finalmente chegou. Gabriel Medina, paulista de Maresias, é o primeiro brasileiro a vencer o Mundial de Surfe. Com a vitória do também brasileiro Alejo Muniz, Mick Fanning está eliminado da Pipeline Masters e não pode mais alcançar Medina no ranking geral.

Com apenas 20 anos, Gabriel Medina faz história ao trazer o primeiro título mundial do surfe para o Brasil. Ele venceu três dos dez circuitos disputados na temporada 2014 (Gold Coast, Fiji e Teahupoo). Travou uma disputa com o multicampeão Kelly Slater e com o australiano Mick Fanning até a última etapa.

Se chegasse à final, o brasileiro conquistaria o título. Mas, se seus adversários ficassem pelo caminho, ele viria do mesmo jeito. E Kelly Slater foi eliminado no terceiro round, enquanto Fanning foi derrotado no quinto por Alejo Muniz. Numa bateria complicada, Alejo fez 6,53 pontos, enquanto Fanning ficou com apenas 2,84.

“É fantástico. Eu não sei o que dizer. Eu quero agradecer o Alejo por me ajudar. Eu amo essa torcida. Eu quero muito celebrar com todas essas pessoas, com meu pai e minha mãe. Eu sonhava com isso e agora virou realidade”, disse o emocionado Gabriel após a confirmação do título.

Gabriel Medina, ainda disputando a Pipeline Masters, foi às lágrimas na praia de Oahu, Havaí. Lágrimas que simbolizam a vitória de um garoto que apareceu para o país do futebol deslizando entre as ondas das praias do mundo. Medina foi gigante em toda competição, e fez, quem sabe, um novo esporte se erguer diante dos olhos dos brasileiros. É o Brasil campeão do mundo nas ondas, pela primeira vez – e quem sabe a primeira de muitas – na história.

ASP parabeniza o brasileiro pelo título. Confira o vídeo: