“A gente não se preocupa com a segurança dos voos”, conta Vampeta

  • Por Jovem Pan
  • 29/11/2016 09h51

Vampeta

Vampeta

O ex-jogador e comentarista da Jovem Pan Vampeta participou com o Jornal da Manhã desta terça-feira e falou sobre a tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense nesta madrugada.

Campeão mundial em 2002, Vampeta viajou o mundo defendendo a Seleção Brasileira e conta que os jogadores não costumam mostrar preocupação com a segurança dos voos entre uma partida e outra.

“A gente nunca tem essa preocupação de como vai estar a segurança, sempre se esperando que chegue ao lugar determinado. Eu tive oportunidade de viajar para quase todos os estados do Brasil, de ir para todos os continentes e só tinha preocupação quando ia para a Bolívia, por conta da altitude. O avião não podia chegar lá com tanque cheio. Mas em geral não tínhamos medo de nada, entrava no avião pensando em jogar e voltar”, afirmou.

Vampeta mantinha boas relações com o treinador da Chape, Caio Júnior, e era amigo pessoal do volante Cleber Santana, que atuou junto com ele no Vitória, em 2004.

“Já joguei contra o Caio Júnior, não éramos amigos pessoais, mas era uma boa convivência, conversava quando se encontrava. Já o Cleber Santana eu joguei com ele pelo Vitória, quando fomos campeões do Campeonato Baiano, jogamos o Brasileiro de 2004. Eu conhecia sua esposa e seus filhos”, relembra o ex-jogador.