Geuvânio responsabiliza jogadores por ano fraco do Santos: “nada extracampo”

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2014 10h02

Geuvânio marcou dois gols e foi um dos destaques da goleada do Santos

Folhapress Geuvânio comemora gol contra o Bragantino

O Santos vive um final de temporada melancólico. Fora da Copa do Brasil e sem pretensões no Campeonato Brasileiro, o que agita o clube são as eleições presidenciais marcadas para dezembro. Os candidatos prometem muitas mudanças e Geuvânio, um dos principais nomes do Peixe no ano, acham que elas serão necessárias. Contudo, apesar dos bastidores conturbados, o jovem meia garantiu que o desempenho irregular do time no ano não foi influenciado pelos fatores extracampo. Antes de encerrar sua participação no Brasileirão, o time de Enderson Moreira vai encarar Botafogo (casa) e Vitória (fora).

Jovem Pan Online transmite, minuto a minuto, todos os lances da partida entre Santos e Botafogo. Para acompanhar, acesse www.jovempan.com.br a partir das 22h (de Brasília).

Desde que assumiu, o técnico Enderson Moreira apontou erros no planejamento da montagem do elenco alvinegro. Geuvânio evitou pedir reforços para o ano que vem e disse confiar na diretora que assumir o clube. “Eu não entro muito nessa parte de reforços, muita coisa vai mudar, a diretoria, a presidência… Eles sabem o que precisam ser feito. Estou com a cabeça tranquila para que a gente possa lutar e conquistar títulos”, disse. 

Com modestos 47 pontos em 36 jogos, o Peixe ocupa a 11ª posição e não almeja mais nada no ano. Geuvânio tentou justificar a situação. “Isso (indefinições pela eleição) não nos atrapalhou. Nós perdemos a Copa do Brasil. Então, querendo ou não, bate aquela tristeza. Estávamos com a expectativa de chegar à final. Então, quando perdemos, foi complicado. Nada que vai mudar nos atrapalhou. Nada extracampo”, garantiu. 

Antes de entrar em férias, o Santos enfrentará Botofogo e Vitória, duas equipes que brigam para ficar na elita do futebol brasileiro. A revelação santista não mostrou compaixão com os adversários. “Estou voltando agora e quero vencer. Estou motivado porque fiquei muito tempo sem jogar. Temos que terminar este ano bem, e isso só acontece vencendo. Precisamos ganhar os últimos jogos”, finalizou.