Gilberto se lesiona em treino e preocupa o São Paulo

  • Por Estadão Conteúdo
  • 28/07/2016 13h26
SP - FUTEBOL/SÃO PAULO FC/GILBERTO - ESPORTES - O atacante Gilberto é apresentado como jogador do São Paulo no CT Barra Funda, zona oeste da capital paulista, nesta sexta-feira (15). 15/07/2016 - Foto: WILLIAM VOLCOV/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOGilberto

O ensaio promovido nesta quinta-feira pelo técnico Edgardo Bauza do time que ele pretende utilizar na partida de domingo contra a Chapecoense foi prejudicado pela lesão de um jogador que treinava entre os titulares, o atacante Gilberto, que deixou a atividade lesionado e se tornou dúvida para o duelo no Morumbi

Gilberto sofreu uma torção no tornozelo esquerdo durante a atividade e deixou o campo mancando, seguindo para o Reffis. Agora ele será avaliado para definir a gravidade do problema, que pode deixá-lo de fora do próximo compromisso do São Paulo no Campeonato Brasileiro. Outra baixa da atividade foi o lateral-direito reserva Auro, que também se contundiu. 

Antes do problema de Gilberto, Bauza treinou a mesma formação que esboçou um dia antes, quando comandou uma atividade sem goleiro e zagueiros no time titular. A formação teve três alterações em relação ao time que encarou o Grêmio no último fim de semana, com Carlinhos, Hudson e Kelvin ocupando as vagas de Mena (suspenso), Wesley e Centurión.

O time titular foi escalado com a seguinte formação: Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Carlinhos; Hudson, Thiago Mendes e Cueva; Michel Bastos, Kelvin e Gilberto. Com a dúvida sobre Gilberto, que foi substituído por Centurión após se lesionar, deverá ser essa a escalação para o duelo com a Chapecoense. 

Com contrato regularizado e apresentado como reforço na última quarta-feira, o atacante argentino Andres Chavez treinou normalmente e poderá fazer a sua estreia pelo São Paulo no fim de semana. Mas a tendência é de que Bauza o deixe no banco de reservas. 

Na zona intermediária da classificação, São Paulo e Chapecoense somam 22 pontos, com a equipe paulista em nono lugar e o time catarinense na décima colocação no Campeonato Brasileiro.