Giovannoni acredita em pódio do Brasil no Rio 2016: “vamos lutar por medalha”

  • Por Jovem Pan
  • 10/06/2015 09h34
Reprodução/Site Oficial/CBB Guilherme Giovannoni

Falta pouco mais de um ano, mas a expectativa por um bom desempenho do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro é grande. O basquete, um dos esportes mais populares do país, é uma das esperanças de medalha brasileira.

Em entrevista exclusiva ao locutor Fausto Favara da Rádio Jovem Pan, o ala pivô do Brasília e da Seleção Brasileira, Guilherme Giovannoni, destacou que o Brasil tem tudo para fazer uma grande competição. “Fizemos um belo Mundial e nas Olimpíadas de 2012 jogamos bem, terminando na 5ª colocação. No Rio 2016 teremos uma grande oportunidade de lutarmos por uma medalha”, apontou.

Mesmo sendo país-sede, o Brasil ainda não tem vaga garantida na competição e precisa estar entre as duas melhores seleções do Pré-Olímpico de basquete, que será disputado no México, em agosto.

“Todo Pré-Olímpico é sempre muito disputado. São só duas vagas disponíveis nas Américas e isto torna o torneio muito difícil. Enquanto ainda não temos a vaga como país sede temos que lutar”, disse o ala do Brasília.

Brasília
Tricampeã do NBB (Novo Basquete Brasil), a equipe do Distrito Federal não conseguiu passar pelo Limeira pelas semifinais dos playoffs desta temporada. Giovannoni explica um pouco das dificuldades da equipe na temporada. “A equipe foi montada com o campeonato em andamento, problemas de lesão, americano que não se adaptou bem e isso atrapalhou um pouco nosso desempenho”, contou.

O jogador também comentou sobre sua permanência no Brasília para 2016. Guilherme não sabe se fica:  “o Brasília está se movimentando, preparando a equipe para a próxima temporada. Tenho um grande carinho por Brasília, mas é uma questão de mercado e tenho que ver o que é melhor para mim”.