Globo exibe protesto de torcida corintiana e Galvão comenta: “direito do cidadão”

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2016 23h04
A Rede Globo foi um dos alvos do protesto da Gaviões da Fiel

A torcida Gaviões da Fiel tem levado ao estádio, nas últimas partidas, diversas faixas de protestos contra a CBF, a Federação Paulista de Futebol e a Rede Globo. Nesta quarta-feira (02), diante do Santa Fe, pela Libertadores, não foi diferente, mas houve uma novidade: a transmissão da Globo exibiu o protesto com direito a comentários de Galvão Bueno.

O narrador leu o que estava escrito nas faixas, entre elas uma que dizia “Futebol refém da Rede Globo”, mas defendeu a empresa onde trabalha citando que é a única emissora pública entre as três que transmitem a Libertadores deste ano – como faz há muitos anos, completou. Mesmo assim, Galvão concluiu dizendo que “protestar é um direito do cidadão”.

A atitude vai ao encontro do que tem afirmado a FPF, que garantiu não reprimir manifestações pacíficas nos estádios depois que a Polícia Militar obrigou a torcida a esconder suas faixas em partida contra o Capivariano em fevereiro.

O promotor Paulo Castilho, do Ministério Público, que há anos tenta enquadrar as torcidas organizadas, defendeu, por outro lado, que a FPF pode exigir a repressão dos protestos caso ache necessária, conforme falou em entrevista à Rádio Jovem Pan.